Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Showers in the Vicinity

Rio Grande do Sul Parceria Público-Privada visa acelerar a universalização do esgotamento sanitário na Região Metropolitana de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Viamão é uma das cidades atendidas.

Foto: Divulgação/PM Viamão
Viamão é uma das cidades atendidas. (Foto: Divulgação/PM Viamão)

A Ambiental Metrosul, parceira da Corsan, será responsável, pelos próximos 35 anos, pela operação, e ampliação de infraestrutura para o esgotamento sanitário em nove municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre. Em até 11 anos, a empresa vai aumentar para mais de 87% o número de residências com a coleta e tratamento de esgoto em Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão, beneficiando em torno de 1,7 milhão de pessoas. Atualmente, apenas 50.000 m³ são tratados e devolvidos ao ambiente diariamente, o que corresponde a 36% do volume total produzido.

Por meio de 32 estações de tratamentos (ETEs) e 96 estações de bombeamento (EBE), todo o esgoto coletado pela empresa será tratado seguindo padrões nacionais na realização do processo antes de ser lançado nos rios Caí, Gravataí e Sinos.

Desde o começo de setembro, a Ambiental Metrosul e a Corsan trabalham na transferência operacional que é dividida em duas etapas: na primeira, a operação é feita pela Corsan com o acompanhamento pela Metrosul. De dezembro deste ano até junho de 2021, a operação passa a ser feita pela Metrosul, com o apoio e a supervisão da Corsan. A partir de então, a empresa parceira assumirá integralmente o serviço.

Para o diretor-executivo da Ambiental Metrosul, Ângelo Mendes, a forte sinergia entre as equipes das duas empresas facilita o avanço dos trabalhos e o cumprimento de todos os prazos previstos. “As duas equipes possuem um interesse comum que é oferecer à população local mais acesso à saúde por meio da eficiência e qualidade da prestação dos serviços. É uma grande oportunidade para fortalecermos a importância desse tipo de parceria”, ressalta.

Os investimentos previstos na recuperação e modernização das estações de tratamento e nas obras de ampliação dos serviços de esgoto serão de R$ 1,77 bilhão, sendo R$ 1,4 bilhão da concessionária, dividido em R$ 1,03 bilhão para expansão do sistema de esgoto e R$ 374 milhões para ações comerciais e operacionais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Prefeitura anuncia consórcio vencedor da licitação do Parque da Harmonia e do primeiro trecho da orla
O Rio Grande do Sul recebe o reforço de 84 novos bombeiros militares
Deixe seu comentário
Pode te interessar