Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Fair

Porto Alegre Parque Knijnik será reaberto neste sábado

Parque foi o mais afetado pelo temporal, contabilizando cem árvores caídas.

Foto: Sérgio Louruz/SMAMS PMPA
Parque foi o mais afetado pelo temporal, contabilizando cem árvores caídas. (Foto: Sérgio Louruz/SMAMS PMPA)

O Parque Knijnik será aberto ao público neste sábado (18). Equipes da Smams (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade), com apoio de mão de obra oriunda de convênio com a Susepe (Superintendência de Serviços Penitenciários), fizeram nesta sexta-feira (17), uma força tarefa no local para desobstruir as áreas de lazer e os estacionamentos. A Smams, que atua no manejo arbóreo dos parques, informa que o parque foi o mais afetado pelo temporal de quarta-feira, 15, e contabilizou cerca de cem árvores caídas, além de muitos galhos.

As trilhas, porém, permanecerão como estão até que se consiga reorganizar as árvores que caíram na própria mata nativa, visto que o acesso de caminhões nestes locais é inviável. A orientação é que os frequentadores evitem acessá-las até que a situação se normalize.

Na quinta-feira, a Smams eliminou os riscos de queda de galhos e vegetais nos parques Maurício Sirotsky Sobrinho (Harmonia), Marinha do Brasil e Farroupilha (Redenção). Nestes dois últimos, já está concluída a limpeza de galhos e árvores de menor porte. Na próxima semana, será iniciado o trabalho de remoção dos troncos mais grossos e pesados. Ao longo deste final de semana, a Smams manterá a remoção de árvores e galhos caídos nos parques, dando maior atenção ao Harmonia.

Além de galhos, duas árvores caíram na Redenção, seis no Harmonia e 20 no Marinha.

Parque Knijnik

Localizado na estrada Amapá, 2.300, no bairro Vila Nova, o Parque Knijnik foi incorporado em 1997 às áreas verdes de Porto Alegre. No passado, foi área de lazer e sítio do engenheiro civil Gabriel Knijnik, que doou a área, de 11,95 hectares em testamento, com o desejo de transformá-la em parque municipal. No local, há uma placa alusiva à doação, como homenagem ao engenheiro.

A área conta com diferentes ambientes, com diversas espécies da fauna e flora. Há pomar, onde se encontram árvores frutíferas como pitangueira, pereira, ameixeira e jaboticabeira, além de eucaliptos e pinus. Também possui uma área de banhado e uma grande área de preservação. O parque fica aberto das 8h30 às 18h30.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Representantes da Secretaria da Educação do RS discutem tecnologia na educação com diretoria do Google
Polícia Rodoviária Federal apreende mais de R$ 1 milhão em Santana do Livramento
Deixe seu comentário
Pode te interessar