Sábado, 15 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mostly Cloudy

Capa – Magazine Passageiro sai da suíte direto para o mar em um novo cruzeiro de luxo

Compartilhe esta notícia:

Levantamento de associação do setor aponta que 402 mil viajantes embarcaram em navios entre janeiro e junho. (Foto: Divulgação)

A rede hoteleira Ritz-Carlton faz sua estreia em alto-mar só em fevereiro de 2020, mas sua viagem inaugural já tem poucos lugares disponíveis.

O Azora, primeiro “yacht cruise” (cruzeiro em iate) da companhia, sai de Fort Lauderdale no dia 5 de fevereiro para um roteiro de 11 dias pelo Caribe, passando por Samaná, Santo Domingo, San Juan, Ilha Vieques, Charlestown, Terre-de-Haut, Fort-de-France e Bridgetown.

Seu tamanho compacto – 190 metros de comprimento – permite atracar em portos menores. Isso garante um dos diferenciais da companhia: é possível fazer cruzeiros consecutivos sem repetição de portos.

Outra destaque do Azora é que não existem cabines: são 149 suítes de 35 a 157 metros quadrados, todas com varanda. O iate tem uma marina retrátil e um deck na parte de trás, e permite que os hóspedes saiam das suítes direto para um mergulho no mar.

O serviço segue os padrões do Ritz terrestre, a começar pela tripulação: são 246 funcionários para 298 hóspedes. Restaurantes são sete, todos open sitting (não precisa marcar horário), exceto o Aqua, do chef Sven Elverfeld, três estrelas no Guia Michelin. Para os passeios em terra, um conciérge organiza excursões, que podem incluir uma aula de ioga numa praia isolada.

Os pacotes para a viagem inaugural custam a partir de US$ 10.100 por pessoa e são all-inclusive. Em março, quando o Azora segue para o Mediterrâneo, há opções de cinco ou seis noites com valores a partir de US$ 3.100.

Outra rede

A MSC e o estaleiro Fincantieri de Monfalcone, na Itália, anunciaram a assinatura dos contratos finais para a construção de quatro navios de cruzeiro de luxo. Cada uma estará equipada com 481 suítes, design baseado em inovação e apresentará diferentes opções para relaxamento.

De acordo com os contratos, o primeiro dos quatro navios será entregue até o outono de 2023. Os três restantes entrarão em serviço um por ano durante os três anos seguintes até 2026. “Com esta encomenda firmada, a MSC está entrando em um novo segmento que tem um potencial significativo globalmente”, afirma o presidente executivo da divisão de cruzeiros da MSC, Pierfrancesco Vago.

“Enquanto já atendemos o mercado premium com o MSC Yacht Club da frota da MSC Cruzeiros, nossa nova marca de luxo entregará a este segmento separado e em rápido crescimento, embarcações super-iates e uma experiência adequada a isso.”

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Magazine

O ator Keanu Reeves visita o Brasil e planeja filmar em nosso País
Anitta divulga fotos do clipe “Onda Diferente”, com participação de Snoop Dogg, Ludmilla e Papatinho
Deixe seu comentário
Pode te interessar