Terça-feira, 04 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Porto Alegre A prefeitura de Porto Alegre interdita 12 lojas que descumpriam o decreto municipal

Compartilhe esta notícia:

Foram fechadas lojas de departamento, móveis, artigos esportivos e bazares

Foto: Anselmo Cunha/PMPA
Foram fechadas lojas de departamento, móveis, artigos esportivos e bazares. (Foto: Anselmo Cunha/PMPA)

Agentes do Escritório de Fiscalização da prefeitura de Porto Alegre interditaram 12 estabelecimentos comerciais entre terça-feira (07) e quarta-feira (08), por descumprimento do Decreto 20.639.

Foram fechadas lojas de departamento, móveis, artigos esportivos e bazares. Um das irregularidades foi verificada na loja de vestuário Riachuelo, localizada na avenida Otávio Rocha.

Após denúncia registrada no MPT (Ministério Público do Trabalho), os fiscais da prefeitura interditaram o comércio por manter funcionários trabalhando e por receber clientes no seu interior, contrariando as regras de enfrentamento do coronavírus.

“Estamos constantemente orientando e alertando a população sobre o avanço da Covid-19 na Capital. É urgente e necessária a compreensão e colaboração de todos para que possamos ter melhores indicadores na saúde e, com isso, retomar em breve as atividades econômicas”, destaca o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Hoff.

A ação faz parte da operação Esforço Concentrado, do Escritório de Fiscalização, que desde o dia 31 de março já fiscalizou 16.352 comércios, indústrias e serviços. Destes, 279 foram interditados – representando 1,70% do total. Também verificou 503 obras da construção civil; conferiu parques e praças 6.269 vezes e 21.904 ônibus, táxis e lotações.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Vinte bairros de Porto Alegre ficam sem água
IBGE aponta que indústria e varejo tiveram melhora em maio no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar