Domingo, 05 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Brasil Prefeitura de São Paulo publica decreto que prorroga o isolamento social até 15 de junho

Compartilhe esta notícia:

Permanece proibido o atendimento ao público em todos os estabelecimentos de atividades consideradas não essenciais

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Permanece proibido o atendimento ao público em todos os estabelecimentos de atividades consideradas não essenciais. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A prefeitura de São Paulo publicou neste sábado (30) um decreto que prorroga o isolamento social na capital paulista até o dia 15 de junho. Com isso, permanece proibido o atendimento ao público em todos os estabelecimentos de atividades consideradas não essenciais.

A flexibilização na cidade de São Paulo a partir de 1º de junho foi autorizada pelo governo paulista, mas o prefeito Bruno Covas (PSDB) já havia anunciado que as atividades só seriam retomadas após a aprovação pela prefeitura de propostas sanitárias apresentadas pelos setores econômicos.

No plano de reabertura econômica anunciado pelo governador João Doria (PSDB) na quarta-feira (27), a capital paulista foi colocada em fase de controle (laranja), ou seja, com possibilidade de liberações de alguns setores: shoppings, comércio, escritórios, atividades imobiliárias e concessionárias.

Embora o plano estadual defina quais regiões podem começar as liberações, cabe aos prefeitos a decisão de como será feita a reabertura. Ao contrário da capital, as outras cidades da Região Metropolitana foram classificadas em fase mais restritiva e pressionam o governo do Estado para que a liberação seja autorizada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Distanciamento controlado: regiões de Capão da Canoa e Uruguaiana retornam para a bandeira laranja
Um dia após sugerir a ida do Procurador-Geral da República para o Supremo, Bolsonaro reitera que não cogita indicá-lo
Deixe seu comentário
Pode te interessar