Domingo, 23 de junho de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Política Presidente do partido de Bolsonaro vai pedir ajuda a parlamentares para rifar pepita de ouro apreendida pela Polícia Federal

Compartilhe esta notícia:

O político quer que seus advogados peçam de volta o ouro que foi apreendido durante operação em fevereiro. (Foto: EBC)

O presidente do PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, Valdemar Costa Neto, busca uma “entidade séria” e ajuda de deputados e senadores para rifar a pepita de ouro que foi apreendida pela Polícia Federal (PF) durante operação de busca e apreensão em fevereiro.

Valdemar quer que seus advogados peçam a pepita de ouro de volta para o STF para poder realizar a venda. A defesa disse que vai pedir, mas que aguarda sair o laudo definitivo do material.

Segundo informações do PL, a pepita estaria avaliada em R$ 11 mil.

Perícia

Uma perícia prévia realizada pela PF indicou que a pepita de ouro de 39 gramas é uma peça rara de coleção e foi extraída de um garimpo fora do território brasileiro. O objeto foi apreendido em uma residência de propriedade de Valdemar, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra ele.

De acordo com informações do jornal O Globo, as análises técnicas apontam que a peça não corresponde ao solo e às formações rochosas da região amazônica. A PF dispõe do programa Ouro Alvo, que mantém um banco de amostras de perfis de tipos de ouro, permitindo a identificação da origem das pedras preciosas apreendidas em operações.

A perícia concluiu que a raridade da pepita se deve aos indícios de que ela foi extraída com aquele tamanho da chamada “rocha mãe”. Na maioria das vezes, o ouro é encontrado em fragmentos bem menores.

A constatação também reforçou a suspeita de que a peça seja proveniente de algum garimpo artesanal, já que na mineração industrial as rochas são detonadas com explosivos, o que impede a descoberta de objetos desse tamanho.

Os peritos também indicam que a rocha de origem da pepita parece ser de formação recente, o que sugere que ela pode ter vindo de algum local próximo, como os Andes na América do Sul, ou da Costa do Pacífico nos Estados Unidos e Canadá.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Fora de casa, Inter empata em 0 a 0 com o Belgrano na estreia da Copa Sul-Americana
Como os Estados Unidos se preparam para uma guerra com a China
https://www.osul.com.br/presidente-do-partido-de-bolsonaro-vai-pedir-ajuda-a-parlamentares-para-rifar-pepita-de-ouro-apreendida-pela-policia-federal/ Presidente do partido de Bolsonaro vai pedir ajuda a parlamentares para rifar pepita de ouro apreendida pela Polícia Federal 2024-04-02
Deixe seu comentário
Pode te interessar