Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Últimas Se a sua internet está lenta, veja dicas para melhorar o sinal de Wi-Fi em casa

Compartilhe esta notícia:

Para trabalhar em home office ou mesmo aguentar o distanciamento social, é essencial ter uma boa internet (Foto: Reprodução)

Em tempos de coronavírus e recomendação de distanciamento social, muita gente se viu obrigada a trabalhar em home office e se distrair apenas com o que tem em casa. Às vezes, a internet parece mais lenta do que deveria, mas a culpa pode estar na maneira como as redes de Wi-Fi estão configuradas.

Há, porém, algumas coisas que o consumidor pode fazer para tentar resolver ou pelo menos minimizar esses contratempos. Abaixo, veja algumas dicas fáceis de aplicar em casa para melhorar o seu sinal:

1) Evite usar muitos aparelhos conectados ao mesmo tempo

O melhor e mais fácil a fazer para diminuir problemas de conexão é diminuir a quantidade de dispositivos utilizando o sinal Wi-Fi ao mesmo tempo, já que um acaba “roubando” banda do outro.

Procure manter celulares desconectados do Wi-Fi durante o dia, se eles não forem necessários para o trabalho. Isso faz com que o próprio celular administre os downloads automáticos para o momento em que o sinal Wi-Fi estiver sendo menos usado. Se tiver alguma reunião ou chamada on-line importante, peça às outras pessoas da casa que evitem usar a internet para não haver interrupções.

2) Não faça downloads grandes enquanto trabalha

Isso vale para os principais aplicativos de entretenimento e jogos gratuitos. Muitos desses aplicativos fazem downloads e continuam funcionando em segundo plano, o que acaba usando da sua banda larga. Isso também pode ser resolvido ao desconectar o celular do sinal Wi-Fi. Procure também baixar músicas e vídeos, como filmes e séries, durante a noite, quando não estiver usando a internet, para assistir durante o dia.

3) Utilize repetidores de sinal

Os repetidores de sinal são uma boa alternativa para quem precisa ampliar a área de cobertura do sinal Wi-Fi. O aparelho recebe o sinal do roteador e o amplifica. Há, porém, alguns efeitos colaterais, como diminuição grande de velocidade e alta interferência. Pesquise bastante antes de comprar.

4) Verifique seu roteador e os repetidores de sinal

O problema de conexão também pode estar no seu roteador. Procure reiniciá-lo todos os dias para desconectar eventuais conexões que ainda estiverem “penduradas”. Se você utilizar repetidores de sinal, faça a mesma coisa com eles.

Se a qualidade do sinal Wi-Fi ainda estiver ruim, tente reposicionar seu roteador para uma área central da casa ou apartamento, que garante uma melhor cobertura. Colocar o dispositivo em uma posição mais alta também pode ajudar, pois diminui a interferência de móveis, por exemplo. Fique de olho ainda na quantidade de paredes que o sinal precisa atravessar – quanto mais obstáculos, pior pode ser a qualidade da conexão.

5) Utilize antivírus bom e atualizado

Alguns sinais lentos podem ser causados não pelo roteador, mas por malwares instalados no computador, que podem afetar a velocidade de conexão. Utilize um bom programa antivírus em seus dispositivos e o mantenha atualizado para evitar ataques de vírus, spam e phishing (roubo de informações de usuários).

tags: internet

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Últimas

Novo lote de vacinas contra a gripe é distribuído para todo o RS
Mais de 57% das indústrias gaúchas paralisaram a produção por causa da pandemia de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar