Sexta-feira, 03 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Partly Cloudy

Porto Alegre Startups começam a testar inovações para combater o coronavírus em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Soluções envolvem uso de drones para a desinfecção de espaços públicos

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA
Soluções envolvem uso de drones para a desinfecção de espaços públicos. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

No início de abril, a prefeitura da Capital gaúcha e o Pacto Alegre selecionaram uma série de startups para criar soluções inovadoras de enfrentamento à Covid-19. Pouco mais de 40 dias depois, cinco delas já estão realizando os testes práticos – ou provas de conceito – das propostas apresentadas.

As soluções envolvem não só o uso de drones para a desinfecção de espaços públicos, mas também sistemas para melhorar a eficiência dos serviços de saúde pública e até o uso de inteligência artificial para qualificar a triagem de pacientes e gerar diagnósticos mais rápidos.

O desenvolvimento dessas soluções vem na esteira do programa Start.Health: Startups vs. Covid, idealizado pela prefeitura e pelo movimento Pacto Alegre. Além de reforçar o enfrentamento ao coronavírus, a iniciativa traz uma oportunidade de desenvolvimento para startups locais a partir da aplicação de suas soluções em hospitais, unidades de pronto-atendimento e demais órgãos que compõem o sistema de saúde de Porto Alegre.

“A partir das provas de conceito, vamos monitorar os resultados efetivos dessas soluções e verificar quais delas podem ser aplicadas de forma rápida e em grande escala no sistema de saúde pública de Porto Alegre”, explica o diretor de Inovação da prefeitura, Paulo Ardenghi. “Se os resultados forem favoráveis, faremos uma campanha de crowdfunding para impulsionar o desenvolvimento dessas plataformas e garantir sua implantação.”

Segundo ele, todas as soluções deverão passar pelas provas de conceito ainda neste ano. Exemplo desse processo é a StarGrid, cuja ferramenta ajuda a otimizar escalas de trabalho de profissionais da saúde, com benefícios que incluem redução de custos, queda no absenteísmo e aumento da satisfação dos trabalhadores. Além disso, em razão da pandemia de Covid-19, a solução foi adaptada para notificar os gestores caso alguém da equipe seja do grupo de risco ou apresente os sintomas da doença, e já vem sendo testada em alguns departamentos dos hospitais Presidente Vargas e de Pronto Socorro, além do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Encaminhamento de carteiras de identidade é retomado no RS
Polícia Rodoviária Federal apreende quase uma tonelada de alimentos no litoral gaúcho
Deixe seu comentário
Pode te interessar