Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Supremo concede regime semiaberto ao ex-deputado Geddel Vieira

Compartilhe esta notícia:

Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em 2017 dentro de caixas e malas em um apartamento em Salvador ligado ao ex-parlamentar.

Foto: Divulgação/PF
Malas de dinheiro encontradas pela PF em apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. (Foto: Divulgação/PF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin concedeu nesta sexta (10) ao ex-deputado federal Geddel Vieira Lima direito ao regime semiaberto de cumprimento de pena.

Geddel foi condenado no caso dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal dentro de caixas e malas em um apartamento em Salvador ligado ao ex-deputado. O caso ocorreu em 2017, e a defesa de Geddel alegou que o valor decorria da “guarda de valores em espécie”.

Ao decidir a questão, Fachin entendeu que o ex-parlamentar preenche os requisitos legais e atendeu ao pedido da defesa para ter direito ao benefício.

“Preenchidos os requisitos subjetivo e objetivo e comprovado o recolhimento do valor definido a título de multa penal, defiro a Geddel Quadros Vieira Lima a progressão ao regime semiaberto”, decidiu o ministro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Bolsonaro participa neste sábado do penúltimo dia da Expointer
Polícia Civil forma nova turma de delegados no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar