Sábado, 26 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Partly Cloudy

Rio Grande do Sul Subiu para 4.216 o número de mortos por coronavírus no Rio Grande do Sul. Casos confirmados totalizam quase 165 mil

Compartilhe esta notícia:

Novo boletim epidemiológico acrescentou 717 testes positivos e mais 13 óbitos no Estado. (Foto: EBC)

Divulgado nesta quarta-feira (16), o mais recente boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual da Saúde) elevou para 164.373 o número de casos confirmados de coronavírus no Rio Grande do Sul, com 4.216 mortes. Foram 3.561 novos testes positivos e mais 42 perdas humanas. Em 92% dos notificações, o indivíduo já está recuperado da doença, que atinge 490 dos 497 municípios gaúchos.

O relatório abrange óbitos de pacientes de 28 e 94 anos, embora se mantenha o amplo predomínio de idosos entre os falecidos. É o que mostra a lista a seguir, detalhada por município de residência da vítima (por ordem alfabética) e com citação de gênero (feminino ou masculino) e idade.

– Cachoeirinha (mulher, 64 anos);

– Canoas (homem, 87 anos);

– Canoas (homem, 50 anos);

– Canoas (mulher, 83 anos);

– Casca (mulher, 93 anos);

– Caxias do Sul (homem, 59 anos);

– Colorado (homem, 56 anos);

– Cruz Alta (mulher, 54 anos);

– Esteio (homem, 47 anos);

– Esteio (homem, 74 anos);

– Esteio (mulher, 88 anos);

– Gramado (mulher, 86 anos);

– Gravataí (homem, 68 anos);

– Gravataí (homem, 69 anos);

– Herval (homem, 66 anos);

– Ivoti (mulher, 67 anos);

– Lajeado (homem, 65 anos);

– Marau (mulher, 94 anos);

– Novo Hamburgo (mulher, 68 anos);

– Passo Fundo (mulher, 36 anos);

– Porto Alegre (homem, 84 anos);

– Porto Alegre (homem, 81 anos);

– Porto Alegre (mulher, 49 anos);

– Porto Alegre (homem, 87 anos);

– Porto Alegre (homem, 82 anos);

– Porto Alegre (homem, 82 anos);

– Porto Alegre (mulher, 65 anos);
– Rio Grande (homem, 76 anos);

– São Borja (homem, 85 anos);

– São Domingos do Sul (mulher, 62 anos);

– São Leopoldo (homem, 69 anos);

– São Leopoldo (mulher, 88 anos);

– São Leopoldo (homem, 43 anos);

– São Sebastião do Caí (homem, 80 anos);

– Sapucaia do Sul (homem, 87 anos);

– Sapucaia do Sul (mulher, 64 anos);

– Sapucaia do Sul (homem, 73 anos);

– Sarandi (homem, 75 anos);

– Torres (mulher, 81 anos);

– Tramandaí (homem, 72 anos);

– Três Palmeiras (homem, 77 anos);

– Vacaria (homem, 28 anos).

Diabetes

Uma das principais comorbidades associadas ao agravamento do estado de saúde em infectados pela Covid, o diabetes merece cuidados redobrados em meio à pandemia.

Nesta quarta-feira, a SMS (Secretaria Municipal da Saúde) de Porto Alegre informou que tiras, canetas, lancetas e demais insumos para medir glicemia já estão disponíveis para retirada nas unidades de saúde e farmácias distritais da capital gaúcha.

A solicitação é feita eletronicamente pelo profissional de saúde no Gercon (Sistema de Gerenciamento de Consultas e Exames) do órgão. O objetivo é reduzir a necessidade de deslocamento dos usuários até as unidades de saúde para confecção de nova prescrição.

Para ter acesso, o paciente deve estar vinculado a uma unidade de saúde e verificar com o profissional se atende aos critérios do Programa Municipal de Insumos para Diabetes. São elegíveis para receber os insumos pacientes com diabetes mellitus em uso de insulina ou gestantes com diagnóstico de diabetes gestacional.

Além disso, são oferecidas canetas aplicadoras de insulina NPH e regular a pessoas com diabetes menores de 15 e maiores de 60 anos que utilizam insulina.

Na consulta farmacêutica, o profissional revisa o tratamento, verificando se a pessoa se enquadra nos critérios, e sugere a mudança da aplicação, substituindo o uso de frascos ampola e seringa.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O envio suspeito de sementes para produtores rurais é alvo de alerta no Rio Grande do Sul
O Daer simplificou a renovação do cadastro de empresas de fretamento e turismo intermunicipal
Deixe seu comentário
Pode te interessar