Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Rio Grande do Sul Subiu para 995 o número de óbitos por coronavírus no Rio Grande do Sul. Casos confirmados somam 39.656

Compartilhe esta notícia:

O primeiro estudo avaliará profissionais que atuam em emergências de cinco grandes hospitais de Porto Alegre. (Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)

A inclusão de 458 notificações, nesta segunda-feira (13), ampliou para 39.656 o número oficial de diagnósticos positivos de coronavírus no Rio Grande do Sul desde o começo da pandemia. Se descontados os casos de recuperação (ausência de sintomas 14 dias após a confirmação de contágio), os infectados somam 6.326 no momento. Já o contingente gaúcho de mortos pela doença chegou a 995, com 33 novas vítimas.

Mais de quatro meses após os primeiros casos confirmados, o mapa da doença no Estado aponta que 433 de seus 497 municípios têm ou já tiveram habitantes contagiados pelo vírus. Esse número representa um taxa de abrangência de 87%.

O boletim mais recente da SES (Secretaria Estadual da Saúde) mantém inalterada a prevalência de óbitos entre pacientes com pelo menos três características em comum. São indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, com histórico de doenças crônicas (hipertensão, cardiopatias e diabetes, dentre outras) e que estavam internados em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Confira:

– Bagé (mulher, 48 anos);

– Barracão (homem, 72 anos);

– Bento Gonçalves (mulher, 88 anos);

– Caçapava do Sul (homem, 66 anos);

– Carazinho (mulher, 62 anos);

– Caxias do Sul (homem, 72 anos).

– Charqueadas (homem, 55 anos);

– Esperança do Sul (mulher, 52 anos);

– Estância Velha (mulher, 60 anos);

– Frederico Westphalen (mulher, 67 anos);

– Gravataí (homem, 69 anos);

– Gravataí (mulher, 70 anos);

– Imbé (mulher, 75 anos);

– Montenegro (homem, 69 anos);

– Montenegro (mulher, 88 anos);

– Passo Fundo (homem, 62 anos);

– Passo Fundo (homem, 63 anos);

– Passo Fundo (mulher, 85 anos);

– Passo Fundo (homem, 89 anos);

– Passo Fundo (mulher, 91 anos);

– Porto Alegre (homem, 52 anos);

– Porto Alegre (homem, 53 anos);

– Porto Alegre (homem, 65 anos);

– Porto Alegre (mulher, 68 anos);

– Porto Alegre (homem, 75 anos);

– Porto Alegre (homem, 82 anos);

– Porto Alegre (mulher, 87 anos);

– Porto Alegre (mulher, 90 anos);

– Porto Alegre (mulher, 97 anos);

– Rio Grande (mulher, 76 anos);

– São Luiz Gonzaga (mulher, 66 anos);

– Torres (homem, 87 anos);

– Viamão (mulher, 82 anos).

Ampliação de leitos

Com a habilitação de mais 73 leitos de UTI pelo Ministério da Saúde, o governo do Rio Grande do Sul Estado aumentou em 74,7% a capacidade de atendimento a pacientes adultos de coronavírus no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde) desde o começo de pandemia. Atualmente, já são 1.630 estruturas com esse perfil em operação no Estado.

Os novos leitos agora disponíveis contemplam instituições de saúde em 11 cidades gaúchas. São elas: Bento Gonçalves (Hospital Tacchini, 5 leitos), Canoas (Pronto Socorro, 5 leitos), Carazinho (Hospital de Caridade, 6 leitos), Caxias do Sul (Hospital Virvi Ramosm, 5 leitos), Esteio (Fundação São Camilo, 6 leitos), Hospital Santa Cruz (10 leitos), Hospital de Santo Ângelo (5 leitos), São Jerônimo (Hospital de Caridade, 10 leitos), São Leopoldo (Hospital Centenário, 5 leitos), Uruguaiana (Santa Casa, 8 leitos) e Vacaria (Hospital Nossa Senhora da Oliveira, 8 leitos).

(Marcello Campos)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Governo confirma ingresso de R$ 544 milhões da segunda parcela do auxílio federal
O Rio Grande do Sul alcança aumento de quase 75% no total de leitos de UTI para atendimento pelo SUS
Deixe seu comentário
Pode te interessar