Últimas Notícias > Esporte > Copa do Brasil > A fé que move a torcida colorada: você costuma fazer superstições?

Aprenda a se prevenir de possíveis doenças renais

Diminuir o consumo de sal e açúcar está entre as principais dicas. (Foto: Pixabay)

Estima-se que, apenas no Brasil, uma em cada dez pessoas tenha algum tipo de doença renal. Ao redor do mundo, este número vai para 850 milhões de casos registrados. A Doença Renal Crônica (DRC) causa pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade. Por essa razão, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMIRIGS) entra com a campanha “Saúde Preventiva: Pratique essa ideia”, que busca orientar e alertar a população.

Hoje (14), em ação promovida para a prevenção de doenças renais, instituições iluminarão o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. O Brasil é considerado o embaixador na prevenção de doenças renais, promovendo o maior número de eventos do mundo. Neste ano, estão previstas pelo menos outras 600 ações no país.

Na capital gaúcha, dois eventos marcarão o domingo (17). No tradicional encontro no Brique da Redenção, haverá distribuição de material informativo e aferição de pressão arterial. O Hospital Ernesto Dornelles vai ser iluminado de azul e vermelho durante o dia, além de oferecer um almoço com a quantidade de sal reduzida para os colaboradores.

A diretora de políticas associativas e vice-presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia (SGN), Cinthia Kruger Sobral Vieira, reforça orientações que são consideradas como regras de ouro.

– O mais importante é retardar a patologia, com prevenção da doença: tratando a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), o diabetes mellitus (caracterizada pelo excesso de açúcar no sangue, devido à atuação ineficaz da insulina) e a obesidade, por exemplo.

– Outro cuidado básico é o sal. Estatísticas mostram que deveríamos comer dois gramas de sal por dia e a média é de 12 gramas.

– A ingestão de água também é importante: ao menos oito copos devem ser tomados por dia.

O Dia Mundial do Rim, celebrado em todo 13 de março, alerta e conclama a população para defenderem medidas concretas em todos os países para melhorar os cuidados dos rins.

Deixe seu comentário: