Últimas Notícias > Notícias > Mundo > O Uruguai tem falta de maconha: a produção não é suficiente para abastecer os mais de 47 mil consumidores registrados

Arte e reciclagem juntas por um mundo com menos lixo

O projeto Deu Arte no Lixo é uma forma diferente de conscientizar a população sobre a quantidade de resíduos produzidos e, que se bem utilizado ainda pode virar uma obra de arte. (Foto: Mauro Schaefer)

O projeto Deu Arte no Lixo é uma forma diferente de conscientizar a população sobre a quantidade de resíduos produzidos e, que se bem utilizado ainda pode virar uma obra de arte. Segundo o Banco Mundial, o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo. São 11 milhões de toneladas por ano e menos de 2% é reciclado.

Assustador, né? Inquietos com essa situação o bar do Espartano,Vandal e Smile Flame se uniram. Uma obra de arte foi feita na tarde do ultimo sábado, 20 de julho, pelo artistas Alice Michalski e Lorenzo Galeano e Nico Andrade com a utilização de lixo seco recolhido durante uma semana em 10 pontos diferentes de Porto Alegre.

Ficou curioso como ficou? Então dá uma espiadinha nas fotos, clicadas pelo fotógrafo Mauro Schaefer. Aqueles que querem conferir o resultado desse projeto podem ir no bar do Espertano, na Orla do Guaíba. O local que já é conhecido pela vista privilegiada – mas também pelo grande acúmulo de resíduos produzidos pelos visitantes – teve uma programação intensa no ultimo sábado

Os empresários Raphael Peter, Ramon Nobre e Gustavo Ghidini preparam não só a mostra da obra, como: uma dinâmica com a  galera para a montagem  desta obra de arte na hora.

Deixe seu comentário: