Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Esporte Em casa, Inter perde para o Goiás por 2 a 1 no Brasileirão

Guerrero fez o único gol do Internacional.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional
Guerrero fez o único gol do Colorado no jogo. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Internacional perdeu por 2 a 1 para o Goiás, nesta quarta-feira (27), em disputa pela 35ª rodada do Brasileirão. O Inter ficou com 51 pontos, e o Goiás foi a 49. O duelo foi o penúltimo do Colorado em casa nesta temporada. Para os colorados, o confronto seria fundamental para garantir uma vaga direta na Libertadores 2020, que fica cada vez mais distante. Os gols foram marcados por Rafael Moura e Michael pelo Goiás e por Guerrero pelo Inter. Na próxima rodada o Inter enfrenta o Botafogo, sábado (30), no Engenhão.

Primeiro tempo

O jogo começou com Paolo Guerrero recebendo na entrada da área e esticando com Patrick, que cortou para dentro e acionou Nico. O uruguaio conseguiu o domínio mas, no momento de soltar a bomba, foi travado pela marcação.

Em seguida, troca de passes do Goiás foi interceptada ainda no campo de defesa. Nico ficou com a bola e, já dentro da área, serve Patrick, que dominou e soltou a canhota, rasteira. Ela saiu tirando tinta da trave esquerda de Tadeu.

Aos seis minutos, cartão amarelo para D’Alessandro, por reclamação.

Aos 12 Cuesta ficou com a sobra de escanteio parcialmente afastado e tocou atrás com Nico, que cortou para dentro e soltou um canhotaço, no ângulo. Goleiro do Goiás voa para salvar os visitantes.

O Inter tentava, mas, aos 14 minutos, Rafael Moura pega rebote da bola que explodiu no travessão e abre o placar. Aos 23, Michael fica com a sobra de milagre de Lomba e marca, mas o lance é anulado por impedimento.

D’Alessandro, aos 40, lança Nico López nas costas da defesa. O uruguaio dominou e devolveu, já dentro da área, para o argentino, que tentou o cruzamento de direita. A zaga corta, o camisa 10 dá nova assistência para Nico, que corta a marcação e chuta forte, aberto. A bola de segue pela linha de fundo, mas, no minuto seguinte, D’Alessandro aplica o drible “La Boba” e cruza na cabeça de Guerrero, que desvia por cima.

D’Alessandro cobra falta na altura da quina da grande área, pela direita, direto para o gol. Tadeu voa e consegue espalmar, salvando os visitantes.

No final, mais pressão colorada com Guerrero, mas a bola não entra.

Segundo tempo

No Inter, Nonato substitui Bruno Silva. No Goiás, Thalles entra na vaga de Yago Felipe. Aos 11, entra Sarrafiore, sai Patrick.

Aos 12, o Inter tem escanteio cobrado na segunda trave, na cabeça de Guerrero, que escora para a pequena área. Por ali, Moledo aparece puxando de bicicleta, mas a bola teima em não entrar e vai por cima.

Goiás chega duas vezes seguidas pela direita do ataque, Cuesta evita. Aos 18, Moledo enfia boa bola para Sarrafiore, que invade a área e tenta o cruzamento para Guerrero. A zaga corta em escanteio.

Aos 20, Moledo vira o jogo com Uendel, que deixa atrás para Nonato. Da entrada da área, o jovem finaliza de canhota, por cima do gol.

Sarrafiore cruza rasteiro e, dentro da pequena área, Guerrero completa. Tadeu voa e consegue defesa espetacular aos 25.

Mas Michael arranca em rápido contra-ataque e amplia para o Goiás.

Aos 32, reação: D’Alessandro cobra escanteio aberto, na segunda trave. Paolo Guerrero se impõe à defesa goiana e manda cabeceio para as redes.

As tentativas seguem de ambos os lados, mas não muda o placar. Aos 43 Edenilson lança Sarrafiore nas costas da zaga. O jovem argentino domina invadindo a área e finaliza para nova defesa de Tadeu. No rebote, o camisa 29 tenta emendar de primeira, mas acaba acertando o goleiro goiano e, por isso, leva o cartão. O jogo terminou aos 51 minutos.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta, Heitor (Pedro Lucas), Edenilson, Bruno Silva (Nonato), Uendel, D’Alessandro, Patrick (Sarrafiore), Nico López, Paolo Guerrero. Técnico Zé Ricardo.

Goiás: Tadeu; Yago Rocha, Rafael Vaz, Fábio Sanches e Alan Ruschel; Yago Felipe (Thalles), Léo Sena e Gilberto Jr; Michael (Dudu), Rafael Moura (Kaio) e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN), auxiliado por  Jean Marcio dos Santos (RN) e Fabiano da Silva Rodrigues (ES).

VAR (árbitro de vídeo): Wagner Reway (PB).

Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

#FicaLuan: torcida do Grêmio se mobiliza e cria campanha nas redes sociais pela permanência do atacante
Campeonato Brasileiro: Athletico-PR x Grêmio; acompanhe
Deixe seu comentário
Pode te interessar