Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Drones atacam maior refinaria de petróleo do mundo na Arábia Saudita

Com gols de Luan e Thaciano, Grêmio ganha do Athletico-PR e volta a vencer no Brasileirão

Luan e Thaciano marcaram para o Grêmio. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Por Bárbara Assmann*

Não é Copa do Brasil. É Brasileirão! E o Grêmio venceu novamente o Athletico-PR. Pela 16º rodada do campeonato, as duas equipes voltaram a se enfrentar neste sábado, na Arena. O placar terminou em 2 a 1. O Grêmio marcou com Luan e Thaciano. Já o gol do furacão foi de Rony. Tardelli ainda perdeu um pênalti. 

O técnico Renato Portaluppi manteve seu planejamento e está com time totalmente reserva. Já o Athletico optou por um time misto. 

O Grêmio começou atacando, botando pressão e não deu outra. O Athletico não começou nem a respirar e, logo aos quatro minutos, ele, Luan, voltou a marcar. Após belo passe de Thaciano, Luan ficou na cara do gol e só deslocou o goleiro Santos. Grêmio 1, Athletico 0.

Recuar? Que nada. Novamente Thaciano participou de uma bela jogada e quase fez um golaço. Aos oito, Pepê iniciou um contra-ataque e deixou o meia livre na grande área. Apesar de estar impedido, o volante dominou de peito e furou a bicicleta. 

O Atlhetico conseguia chegar, tinha mais posse de bola, mas não levava muito perigo ao gol de Julio César. Sofria  para criar lances de real perigo. Já o tricolor utilizava bem os contra-ataques e, com muita velocidade, conseguia chegar, principalmente com Luan. 

A equipe paranaense, aos 20, já somava cinco escanteios. Neste minuto, o Athletico chegou com perigo: a defesa gremista tirou mal a bola e Rony pegou o rebote, mas Galhardo tirou para escanteio.

Porém, as chances de gol, após a abertura do placar, sumiram. As equipes até chegavam, mas sem perigo de gol. Aos 30, aconteceu o primeiro chute perigoso do Athletico. Rony, no rebote, chutou com força, mas a bola passou próximo ao lado esquerdo do gol de Julio César.

Aos 37, Julio César trabalhou novamente. Cirino passou para Vitinho, e, de cara a cara, chutou fraco e o goleiro gremista salvou. Depois, de novo. No contra-ataque, Márcio Azevedo recebeu livre e disparou uma bomba em cima do goleiro Júlio César, que salvou o Tricolor mais uma vez.

Nos acréscimos, quase o segundo do tricolor saiu. Thaciano recebeu e mandou uma bomba. Com a mão esquerda, Santos fez uma defesaça e evita o segundo gol do tricolor.

Na segunda etapa o jogo virou. Quem marcou logo no início, aos dois minutos, foi o Athletico. No contra-ataque, Marcelo Cirino avançou e cruzou para Rony. O atacante emendou um voleio de pé esquerdo e fez um golaço. Grêmio 1, Athletico 1. 

Mas a alegria do furacão não durou muito. Aos seis, Thaciano fez o seu! Galhardo cruzou e Thaciano tocou de cabeça para o fundo das redes do goleiro Santos. Grêmio 2, Athletico 1.

O Athletico trocava passes e rondava a área do Grêmio, fazendo uma pressão. O ponteiro marcava 20 minutos, quando Renato fez sua primeira substituição: entrou Patrick no lugar de Luciano. Premonição? Renato tem. Patrick, em sua primeira participação, já sofreu pênalti. Tardelli bateu e… errou! 

Mas, mesmo com o erro, o Athletico não conseguia revidar e não atacava mais o tricolor. Depois, aos 36, mais uma troca na equipe gremista. Entrou Michel e Tardelli saiu. Patrick entrou muito bem e quase marcou o seu aos 44. Com assistência de Luan, após cruzamento, o camisa 30 cabeceou, mas o goleiro Santos faz uma grande defesa. 

Depois, Luan saiu para a entrada de Darlan. O camisa 7 foi muito aplaudido. Aplausos também para a vitória. A partida terminou assim, Grêmio 2, Athletico 1.

O Grêmio voltou a vencer no Brasileirão e agora, é tudo Libertadores. A próxima partida do Grêmio é contra o Palmeiras, no jogo de volta das quartas de final do campeonato. O jogo será na terça-feira (27), às 21h30, no Pacaembu.

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Deixe seu comentário: