Últimas Notícias > Atividades Empresariais > 3° Congresso Brasileiro do Plástico aponta a descoberta do “grafeno” como melhor condutor de eletricidade já conhecido

Comércio de Sapiranga registra saldo positivo de empregos em 2017

Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Crédito: CDL Sapiranga

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Sapiranga comemora dados divulgados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), que mostram saldo positivo de empregos no município no ano de 2017. De acordo com o levantamento, as admissões superaram as demissões na cidade em 287 empregos, sendo que, destas, 131 vagas estão no comércio.

– Os dados apenas confirmam o que nós gostamos da lembrar aos nossos associados: o comércio de Sapiranga é um dos pilares que sustentam a nossa economia. As informações do CAGED mostram que 46% do saldo positivo de empregos da cidade está no varejo. Além disso, nossos lojistas contrataram 10.643 pessoas durante todo ano, um aumento de 1,37% em comparação com todo ano de 2016 – destaca a presidente da CDL Sapiranga, Clarice Strassburger.

Em 2016, o saldo de empregos ficou negativo, com 222 vagas fechadas na cidade. Um dos lojistas que perceberam uma melhora na economia no ano passado, a ponto de contratar mais do que demitir, foi o empresário Sérgio Kochem, proprietário da loja Benoit de Sapiranga.

– Durante o ano, não tivemos a necessidade de diminuir o número de funcionários. No último trimestre, contratamos quatro pessoas para trabalho temporário, devido ao aumento do movimento, e duas foram contratadas após o período temporário. Para 2018, nosso objetivo é manter o quadro atual e, em caso de aumento da procura, contratar outras pessoas – afirma.

No Rio Grande do Sul, o saldo é de 1.464 vagas durante os doze meses do ano passado, com aumento de 0,24%, comparando com a diferença entre admissões e demissões de 2016. No comércio gaúcho, 280.023 pessoas foram contratadas para o segmento em 2017, superando o ano anterior em 0,99%.

Deixe seu comentário: