Domingo, 15 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
32°
Mostly Cloudy

Capa – Caderno 1 Comunidade negra da Ufrgs promove foto coletiva

(Foto: Divulgação)

No dia 20 de novembro, a comunidade negra da Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) realizará, pelo terceiro ano consecutivo, uma foto coletiva com discentes, servidores e trabalhadores terceirizados da instituição de ensino.

O encontro, intitulado “Sim, representatividade importa”, ocorrerá às 12h30min, em frente à reitoria, com o objetivo de reafirmar a necessidade da existência dessa etnia na sociedade e, em especial, no mundo acadêmico. Além da imagem simbólica, haverá slam “batalhas de versos”, mostra artística e microfone aberto para manifestações relacionadas à temática.

Em uma década, a oportunidade de um negro ter um diploma de graduação aumentou quase quatro vezes no Brasil. Os dados do IBGE indicam que o percentual de pretos e pardos que concluíram a graduação cresceu de 2,2%, em 2000 para 9,3% em 2017. No entanto, apesar do crescimento, a população negra ainda não alcançou um índice equiparado ao percentual historicamente registrado por brancos diplomados. Entre a população branca, a proporção atual é de 22% de graduados.

A responsável pela Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas, Denise Jardim, relata que, ao longo de dez anos, a implementação da reserva de vagas na Ufrgs vem ampliando oportunidades e alcançando uma representatividade maior da presença negra na sociedade brasileira e gaúcha no ensino superior público.

A foto coletiva das pessoas negras integra o programa de extensão Novembro Negro na Ufrgs, promovido pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos. Mais informações podem ser obtidas em ufrgs.br/novembronegro.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Dono de lancheria é preso por furto de energia em Porto Alegre
Brigada Militar apreende quase R$ 1,5 milhão no Vale do Sinos
Deixe seu comentário
Pode te interessar