Últimas Notícias > Colunistas > De olho nas manifestações do dia 30, STF decide manter Lula preso

Defesa de Lula pede anulação de condenação do caso triplex e envio à Justiça Eleitoral

Ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, investigado pelo caso Triplex.. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a anulação da condenação do caso triplex, nesta segunda-feira (25). Também foi pedido que a ação seja enviada para análise da Justiça Eleitoral. A motivação do pedido é a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro, ligados a crimes eleitorais, sejam julgados nesta esfera.

Para os advogados de Lula, no processo do triplex são mencionadas suspeitas de crimes eleitorais, o que justificaria a mudança.

O caso será julgado pela Quinta Turma do Tribunal, com relatoria do ministro Felix Fischer. O ministro Joel Ilan Paciornik se declarou suspeito para julgar todas as causas relacionadas com a Operação Lava-Jato e não participará do julgamento.

Em janeiro de 2018, 0 Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, manteve a condenação de Lula no caso do triplex e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Deixe seu comentário: