Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Em Tóquio, Bolsonaro discutiu a exploração da Amazônia com o primeiro-ministro do Japão

Grêmio vence com gol de Felipe Vizeu e vai dormir fora do Z4

Vizeu já realiza trabalhos físicos no gramado. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Por Isadora Aires

Grêmio venceu a partida contra o Atlético Mineiro por 1 a 0 na Arena, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Felipe Vizeu foi o único marcador – o gol saiu um minuto depois da entrada do jogador.

A primeira chance veio do Grêmio, aos dois minutos do primeiro tempo. Após troca de passes pela direita, Leonardo Gomes rolou para Maicon, que mandou para o gol. Victor voou e fez grande defesa. Aos quatro, o time da casa continuou pressionando: Everton pegou sobra de escanteio, cortou a marcação e chutou forte à direita do gol de Victor.

Aos 14, Jean Pyerre cobrou falta direto e quase marcou para o Grêmio. A bola passou perto do gol do time mineiro. Um minuto depois, outra defesa de Victor: Everton pegou sobra de escanteio e chutou forte na direita do goleiro, que caiu para defender a bola.

Aos 20, o time porto-alegrense manteve a pressão: Jean Pyerre cruzou em falta lateral e Alisson desviou de cabeça para mais uma defesa de Victor. Um minuto depois, veio a resposta do Galo. Após receber a bola cruzada pela direita, Luan finalizou para Paulo Victor defender. Aos 22, Grêmio no ataque novamente: após jogada de Juninho Capixaba pela esquerda, Jean Pyerre chutou sobre a marcação. Sozinho, ele mesmo pegou a sobra e finalizou com a perna esquerda, para fora. Tricolor perdeu uma grande chance de gol.

Aos 27, saiu o primeiro cartão amarelo do jogo para Luan, do Galo, por reclamação. Dois minutos depois, o Tricolor seguiu apertando muito: André girou, cortou a marcação de Jair e chutou colocado no canto para mais uma defesa de Victor. Aos 34, bate rebate na área do time mineiro: André, Everton e Leonardo Gomes tentaram, mas bola bateu na defesa do Atlético.

Aos 41, Geromel marcou para o Grêmio, mas o árbitro Rafael Traci já havia assinalado falta em Zé Welison. Depois de reclamação, o juiz foi até o VAR para definir a marcação do lance, já que ele havia apitado antes de Geromel completar. Três minutos depois, Traci volta e marca pênalti de Zé Welison, por ter tocado com a mão na bola na área.

Aos 45, apesar de ter deslocado Victor, André bateu o pênalti muito mal, rasteiro e para fora. Três minutos depois, Maicon cometeu falta em Cazares e reclamou do lance, ganhando amarelo.

Desde o início da partida, o Grêmio pressionou o time do Galo – foram 10 escanteios para o dono da casa contra nenhum dos visitantes. Mesmo assim, não conseguiu fazer nenhuma finalização eficiente. Primeiro tempo terminou, aos 50 minutos, em 0 a 0.

No intervalo, duas trocas no Tricolor: Alisson saiu para a entrada de Diego Tardelli e Felipe Vizeu entrou no lugar de André. No primeiro minuto da etapa complementar, a estrela de Renato brilhou: após escanteio, Vizeu ficou com a bola na grande área, ajeitou e bateu firme de canhota. 1 a 0 para o Grêmio.

Aos sete, o Galo chegou na grande área do Tricolor. Ricardo Oliveira chutou colocado de canhota, mas Paulo Victor defendeu tranquilamente. Dois minutos depois, Leonardo Gomes arriscou de fora da área do Galo e Victor salvou. Aos 18, outra substituição: saiu Cazares para entrada de Geuvânio. Dois minutos depois, outra grande defesa de Victor: Felipe Vizeu recebeu o lançamento e rolou para Diego Tardelli por trás, que chegou chutando forte.

Aos 24, Luan saiu para entrada em Bruninho. Um minuto depois, Tardelli roubou a bola de Patric e quando avançou em direção ao gol foi puxado pelo lateral do Galo, que recebeu amarelo. Aos 27, Paulo Victor fez grande defesa em chute colocado na entrada da área de Geuvânio. Dois minutos depois, novamente ele: Bruninho chutou forte de fora da área e o goleiro do Tricolor espalmou para escanteio.

Aos 33, Thaciano entrou para saída de Jean Pyerre e aos 38, Zé Welison saiu para entrada de Nathan. Aos 45, o árbitro Rafael Traci marcou mais três minutos de acréscimo. No mesmo minuto, o Atlético Mineiro ainda buscou o empate: Nathan ficou livre na entrada da área e tentou soltar a bomba, mas errou o alvo. Aos 47, cartão amarelo para Geuvânio. Um minuto depois, Traci apitou para terminar o jogo. 1 a 0 para o Tricolor, que vai dormir fora do Z4.