Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Partly Cloudy

Capa – Magazine Kim Basinger protesta contra o consumo de carne de cachorro na Coreia do Sul

A atriz se uniu a ativistas que apoiam a aprovação de uma lei para proibir a exploração de cães. (Foto: Reprodução de TV)

A carne de cachorro definitivamente não faz parte do hábito alimentar do brasileiro, que considera o animal como o melhor amigo do homem. Em alguns lares, inclusive, o pet é tratado como mais um membro da família – praticamente um humano. Porém, na Coreia do Sul, os habitantes usam o pet para consumo há décadas.

Os coreanos praticam o Boknal, considerado o “dia da carne de cachorro”, em que se dedicam a consumir o animal. Para tentar mudar essa situação, o grupo Last Laise for Animals luta para aprovar uma lei que impede a exploração de cães. O protesto ganhou um reforço na semana passada com a presença de Kim Basinger.

A atriz se juntou a ativistas dos direitos dos animais. “Eu acho que o governo não vai poder fechar os olhos e realmente chegará a soluções como esta. A Coreia do Sul será conhecida por isso”, completou Basinger.

A atriz segurou um corpo de cachorro morto para as câmeras. “Às vezes, as imagens falam mais de mil palavras do que as nossas vozes”, disse. Basinger já fez campanha pelos direitos dos animais em outros países, mas esta foi a primeira vez na Coreia do Sul.

O deputado sul-coreano Pyo Chang-won está fazendo pressão para aprovar o projeto de lei que tornaria ilegal o assassinato de cães e gatos, mas ele reconhece que só tem apoio da minoria na Assembleia Nacional. O parlamentar garantiu que conta com o apoio do presidente Moon Jae-in, que é conhecido por ser um amante de cães. Inclusive, quando assumiu o poder, Moon adotou um cachorro de um abrigo.

Filha

A modelo Ireland Baldwin, de 23 anos, costuma postar diversas fotos sensuais em seu Instagram, com direito a looks reveladores, topless e até cliques na qual aparece completamente nua. Na quarta-feira (17), na sacada de um arranha-céu em Nova York, com a belíssima paisagem a perder de vista da cidade norte-americana, ela voltou a aparecer seminua, usando apenas uma calcinha nude fio dental, salto alto e toalha na cabeça.

“Obrigada pela bela hospedagem. Talvez eu nunca mais tenha permissão de voltar, mas estou de boa. Ah, e meu bumbum não é tão branco assim. É o sol. Não, na verdade é branco assim, mesmo”, brincou ela na legenda do clique.

O que Ireland não contava é que seu pai, o ator Alec Baldwin, ia dar uma chamada discreta na filha publicamente. “Desculpe. Oi?”, limitou-se a escrever ele. Enquanto uns tiraram sarro do flagra do ator, outros deixaram mensagens como “posso imaginar sua reação”, “ela cresceu, papai” e “lembre-se de quando você já passou talco nesse bumbum”. Depois do comentário do astro, nem Alec e nem Ireland, que é filha do ator com a também atriz Kim Basinger, voltaram a se manifestar no post.

Voltar Todas de Capa – Magazine

Compartilhe esta notícia:

Grazi Massafera chegou a fazer “xixi na calça” por medo de não lembrar conteúdo na hora de uma prova oral na escola
Promotores desistem de acusar Kevin Spacey de agressão sexual
Deixe seu comentário
Pode te interessar