Últimas Notícias > CAD1 > Entenda o custo do funcionalismo público para a política e orçamento do governo

Novo conceito de shopping center expande e atinge maturidade no RS, apoiado em diferenciais. Empreendimento inserido em rota de turismo atrai visitantes de diversas localidades

O CEO do grupo, Carlos Jereissati, participou das comemorações dos 5 anos do I Outlet NH, localizado no Km 236 da BR 116. (Crédito: Fabio Winter.)

Por trás de marcas que referendam o varejo gaúcho, como os Shoppings Iguatemi e Praia de Belas, está a Iguatemi Empresa de Shopping Center S/A, que também administra no Rio Grande do Sul o I Fashion Outlet de Novo Hamburgo, que acaba de completar cinco anos de atividades. “Estamos muito felizes por estes cinco anos, produtivos e de maturação para o shopping e para a cidade”, como atesta Sérgio Zukov, diretor-regional de operações da Iguatemi Empresa de Shopping Centers S/A. “A cidade adotou o shopping”, reitera o empresário, que aponta a preferência do público classe A/B pelo estabelecimento, em busca de grandes marcas a preços baixos, atraindo consumidores da Capital, regiões vizinhas e principalmente turistas em deslocamentos para a serra gaúcha e litoral, entre outras localidades.

O CEO do grupo, Carlos Jereissati, diz que todos estão “esperando uma nova realidade para o Brasil”, adiantando que muitos projetos estão por sair do papel. (Crédito: Fabio Winter.)

Hoje, o I Fashion Outlet recebe entre 350 e 400 mil visitantes/mês, um número considerado expressivo e que tende a crescer, atraídos pela expansão do mix ofertado, somado à localização e fácil acesso. Até o final deste ano, o I Fashion Outlet estará recebendo novas marcas como Guess, Polo Club, Camila Klein, O Boticário, Lacoste e Treme Terra, somando 80 lojas no local. “Somos um canal de acesso às grandes marcas”, traduz Sérgio Zukov.

O faturamento do grupo deve fechar em 2018 com um incremento de 10% sobre o ano anterior. A receita líquida no segundo trimestre chega a R$ 175 milhões de reais, no entanto, o CEO do grupo, Carlos Jereissati, atesta que “o momento é de cautela”, até porque o empresariado pisou no freio, no aguardo dos resultados das eleições, enquanto aguarda por ajustes fiscais, queda de juros e baixa inflação. Mesmo assim ele mantém otimismo e diz que todos estão “esperando uma nova realidade para o Brasil”, adiantando que muitos projetos estão por sair do papel. Alguns já prontos para entrar em operação, como é o caso do II Outlet, que abrirá suas portas no próximo dia 4 de novembro, em Tijucas, Santa Catarina, distante 53 quilômetros de Florianópolis.

O II Outlet chega com alguns diferencias competitivos, como uma roda gigante e piscina de ondas, unindo compras a lazer, além de fidelizar com estas e outras opções o público infantil. “O Shopping aberto é um conceito que funciona”, diz Jereissati.Um terceiro Outlet deverá chegar em 2019 a Minas Gerais, com as mesmas propostas. “Queremos ser o melhor player do segmento”, enfatiza Sérgio Zukov. “Ofertamos preços e marcas desejadas com descontos de até 70% de verdade”, finaliza o diretor-regional de operações da Iguatemi Empresa de Shopping Centers S/A. (Clarisse Ledur)

Deixe seu comentário: