Últimas Notícias > Atividades Empresariais > SEBRAE-RS promove palestra online que mostra os caminhos para excelência em atendimento e serviços, ao estilo Disney

Pílula anticoncepcional pode não funcionar em algumas mulheres, afirma estudo

Ciência acaba de provar, pela primeira vez, que algumas mulheres podem engravidar mesmo tomando a pílula anticoncepcional diariamente. (Foto: Reprodução/Pixabay)

Já é comprovado que não existe nenhum método 100% seguro para evitar uma gravidez, mas a ciência acaba de provar, pela primeira vez, que algumas mulheres podem engravidar mesmo tomando a pílula anticoncepcional diariamente. Um estudo realizado na Escola de Medicina da Universidade do Colorado e publicado na revista “Obstetrics and Gynecology”, nos Estados Unidos, mostrou que isso acontece por conta de um gene no DNA feminino que pode “sabotar” a eficácia da pílula, sem que a mulher sequer tenha ideia da situação.

O estudo coletou o DNA de 350 mulheres que usavam um implante contraceptivo colocado sob a pele do braço, que libera o hormônio progestagênio no organismo para impedir a ovulação. A partir disso, o grupo examinou as seções do DNA conhecidas por atuarem na regulação hormonal das mulheres. De acordo com o resultado da pesquisa, 5% das participantes carregavam uma forma diferenciada do gene CYP3A7*1C, responsável por quebrar os hormônios liberados por contraceptivos.

Aaron Lazorwitz, um dos autores do estudo, explica que essa enzima quebra os hormônios de controle da natalidade e pode colocar as mulheres em um risco maior de gravidez durante o uso de contraceptivos. Segundo a estimativa da pesquisa, uma em cada 20 mulheres podem possuir esse traço genético diferenciado. Loucura né?

Deixe seu comentário: