Últimas Notícias > CAD1 > Furto a loja em Novo Hamburgo termina com prisão e acidente

Porto Alegre ganha o primeiro parklet construído por uma empresa privada para uso público

Um charmoso espaço público, de convívio e lazer, executado pela Incorporadora Melnick Even, oferece de forma inédita gentilezas urbanas, como café, água, jornais, revistas, wi-fi, carregadores de celular e segurança 24h, podendo ser utilizado durante o dia e a noite. (Fotos: divulgação)

Um charmoso espaço público, de convívio e lazer, executado pela Incorporadora Melnick Even, oferece de forma inédita gentilezas urbanas, como café, água, jornais, revistas, wi-fi, carregadores de celular e segurança 24h, podendo ser utilizado durante o dia e a noite. Normalmente os parklets são usados por operações gastronômicas, como restaurantes, cafés, etc. que estendem sua atuação para a área externa. Estações de patinetes elétricos e bicicletas complementam o espaço público, que ocupa o lugar de duas vagas de estacionamento na rua. O parklet está situado na frente da sede da empresa na Rua Carlos Trein Filho, 551. Projeto amplia a cumplicidade da empresa com a cidade. O investimento foi de aproximadamente R$ 85 mil.

Estudos mostram que enquanto 40 pessoas utilizam duas vagas de estacionamento por dia um parklet pode receber em torno de 300 pessoas no mesmo período, com maior interação social.
A Melnick Even idealizou o parklet como mais um espaço urbano público e qualificado de convivência e lazer para seus colaboradores e a comunidade, sem qualquer conotação e uso comercial. Um convite para uma pausa, um descanso, um encontro ou um não fazer nada. Para qualquer um que passar por ali. Com um aceno de volte sempre, a qualquer hora. Paralelamente foi criada uma parceria com a Startup Grin – que faz parte de uma rede de mobilidade urbana presente em seis países, com 135 mil patinetes e bicicletas e 1,1 mil funcionários – que está disponibilizando patinetes elétricos e bicicletas, possibilitando a locomoção dos colaboradores e moradores do bairro e da cidade.

Segundo Marcelo Guedes, diretor de Incorporação “o Parklet Melnick Even, é mais um ato singelo de demonstração de nosso amor pela cidade de Porto alegre. Não temos nenhum interesse comercial, é um espaço de convivência para nossos colaboradores, nossos vizinhos, das pessoas que circulam por aqui. Queremos a cidade cada dia melhor.”.

O parklet não é um evento isolado. A empresa é reconhecida por suas ações sociais e de sustentabilidade, sendo a maior adotante de praças do RS. Em novembro do ano passado, lançou o projeto ILOVEPOA. Artistas plásticos customizaram nove letreiros que foram colocados em praças da cidade, convidando os gaúchos a se engajarem numa declaração de amor por sua capital, registrando mais de 6 mil posts nas redes sociais. O projeto foi elaborado pelo escritório “Takeda Paisagismo & Arquitetura”.
.
Parklets
Sucesso no mundo inteiro, os parklets surgiram como uma alternativa prática e socializadora para um dos grandes problemas da vida urbana: a priorização dos carros em detrimento da qualidade de vida das pessoas em seus espaços públicos. Criados em São Francisco, nos USA, em 2005, e regulamentado em 2011, estão se espalhando rapidamente pelo Brasil, promovendo o uso de espaços públicos antes utilizados somente para estacionamento de veículos, como áreas de convivência, lazer e socialização.

Além da implantação em São Paulo em 2013, no Brasil existem parklets no Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza, Rio Branco, Curitiba e Florianópolis. Em 2017, chegou a vez de Porto Alegre. Segundo a EPTC, atualmente, a cidade possui 11 parklets implantados e 29 em fase de aprovação.

Parklet significa extensão da calçada que funciona como espaço público. Internacionalmente, ele ocupa uma área com dimensões de 2m x 8m = 16m², antes destinada ao estacionamento de até dois carros,
Os parklets promovem a valorização do espaço urbano, o uso público, democrático e participativo de qualquer cidadão, de todas as idades, tornando a cidade mais humana e alegre, incentivando o convívio social. São pequenos parques para convívio e lazer. Lugares para relaxar, curtir, ler, jogar conversa fora.

Deixe seu comentário: