Últimas Notícias > Notícias > As obras no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, causam mudanças nos voos que saem de Porto Alegre

Prêmio Latino-americano de turfe reúne os melhores cavalos em Montevidéu

Disputam cavalos da Argentina, Brasil, Peru e Uruguai. (Foto: Divulgação)

O Hipódromo de Maroñas será sede, em 11 de março, da carreira mais importante do turfe latino-americano. O celebrado cenário hípico uruguaio, localizado em Montevidéu, se prepara para viver a edição de número 34 da disputa, que tem mais de 2 mil metros de pista de areia, reunindo os melhores cavalos da Argentina, Brasil, Peru e Uruguai.

Maroñas foi a sede do Latino em duas ocasiões: o primeiro Latino da história aconteceu em 1981, e o brasileiro Dark Brown foi o campeão; e logo em 2006, com o hipódromo já renovado, triunfou o argentino Latency. O evento este ano será uma festa para a hípica nacional e internacional.

As provas começarão às 14h (as portas do hipódromo se abrirão às 13h). A última carreira será às 21h. O Longines Gran Premio Latino Americano terá a largada às 19h20min.

O Uruguai se preparou para receber da melhor maneira os visitantes, fanáticos do esporte e curiosos chegarão das mais diversas regiões do mundo. No hipódromo de Maroñas, também haverá diversas atividades: espetáculos musicais, festival e foodtruck, exposições de arte e jogos para crianças.

Além do prêmio central, acontecerão cinco clássicos, entre os que se destacam: o Clássico Diana e o Gran Premio Geral Artígas. Nesse mesmo dia terá a inauguração da pista de grama com a disputa Clássica Guillermo Young marcando história do circo hípico e do turfe nacional.

O Uruguai é testemunha do renascimento do turfe no país em 2003, ano da reabertura do Hipódromo Maroñas. Desde então, no centro hípico foram realizados diversas obras que o posicionam atualmente como hipódromo de primeiro nível.

Deixe seu comentário: