Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Capa – Caderno 1 Revitalização do Gasômetro pode ter economia de R$ 1 milhão, aponta prefeitura de Porto Alegre 



Local está fechado desde 2017. (Foto: Natália Costa/Divulgação)

As propostas do consórcio e da empresa que se habilitaram a requalificar a Usina do Gasômetro, tradicional cartão-postal de Porto Alegre, foram publicadas no Diário Oficial da capital desta terça-feira (1º). O Consórcio Rac/Arquibrasil, liderado pela empresa Rac Engenharia, de Curitiba, apresentou a proposta de menor preço, chegando a R$ 11.449.325,92. Já a Construtora Biapó, de Goiânia, propôs R$ 11.971.866,31.

De acordo com a prefeitura, a economia para os cofres municipais pode representar R$ 1.017.530,00. O custo máximo para execução das obras estava orçado em R$ 12.466.855,17. Do total a ser investido, R$ 10 milhões serão de empréstimo junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o restante virá dos cofres do Município.
Na última quinta-feira (26), foram abertos os envelopes sobre as propostas técnicas para o local. A previsão é de melhorias na segurança física e na estrutura do prédio, havendo mudanças na sala de cinema P. F. Gastal, nas escadas e também no Teatro Elis Regina. A Usina está fechada desde novembro de 2017.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Distrito Federal e quinze estados aderem ao Programa das Escolas Cívico-Militares
Produção industrial cresce 0,8% depois de três meses de queda
Deixe seu comentário
Pode te interessar