Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Acontece Spa do Vinho resgata as tradições gaúchas no Encontro da Cúpula do Mercosul

Presidentes do Brasil e do Paraguai com Proprietários do Spa do Vinho, Aldemir Dadalt e Deborah Villas-Bôas Dadalt.

Foto: Divulgação/Presidência da República
Presidentes do Brasil e do Paraguai com Proprietários do Spa do Vinho, Aldemir Dadalt e Deborah Villas-Bôas Dadalt. (Foto: Divulgação/Presidência da República)

A regionalidade gaúcha permeia o encontro da 55ª Cúpula do Mercosul, que ocorre desde quarta-feira (4), e segue até esta quinta-feira (5) no Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola, em Bento Gonçalves. A vitivinicultura do Vale dos Vinhedos tem seus vinhos e espumantes em evidência para os encontros do presidente Jair Bolsonaro. Conforme sugestão do Spa do Vinho, espumantes de Bento Gonçalves (Cave de Pedra, Don Laurindo e Milantino), Pinto Bandeira (Aurora), Faria Lemos (Estrelas do Brasil), Monte Belo do Sul (Capoani), Garibaldi (Chandon) e Flores da Cunha (Casa Venturini) foram os escolhidos.

Na mesa, pratos típicos como galeto, costela fogo de chão e carreteiro foram os escolhidos para servir os presidentes. No almoço com Bolsonaro, a escolha foi o tinto VE 2008, ícone com denominação de origem do Vale dos Vinhedos elaborado pelo Spa do Vinho Hotel & Condomínio Vitivinícola. Os vinhos do Spa do Vinho também são servidos nos coquetéis. O Confraria safra 2017 é um vinho exclusivo, servido especialmente em eventos internos. “O Itamaraty contou com a consultoria do Spa do Vinho para compor os menus harmonizados”, destaca a sócia-diretora do Spa do Vinho, Deborah Villas-Bôas Dadalt.

Um dos pontos altos do evento foi o plantio de uma muda de Merlot no Lote 41 do Spa feito por todos os presidentes, nesta quinta-feira (5). “Esse ato simboliza a preocupação do governo com a vitivinicultura”, frisa Deborah. A partir da vinha das mudas, cada vinho elaborado será encaminhado aos presidentes.

Setor vitivinícola

Por sugestão do Spa do Vinho, representantes do empresariado gaúcho participam da Cúpula em função de interesses comerciais que serão debatidos no encontro. “É uma forma de contribuir e dar visibilidade ao setor”, relata.

Deborah também lembra que a escolha do Spa do Vinho para sediar a Cúpula é resultado de esforços de aproximação capitaneados pelo hotel, em parceria com entidades locais do setor, que entendem a necessidade do desenvolvimento de regiões produtoras de vinho. “O Movimento da Zona Franca do Vinho nos deu projeção nacional e ajudou a trazer esse evento para cá, assim como o movimento pela ciclovia. São esforços para a aproximação do governo e nos têm rendido frutos”, explica Deborah, observando que essa e a primeira vez que o evento ocorre fora de Brasília. Frisa ainda o apoio do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, que disponibilizou toda a infraestrutura da cidade.

Segurança e infraestrutura

Hoje o hotel está em fase final de revitalização. Todas as áreas sociais foram revitalizadas, houve ampliação do número de restaurantes, assim como incremento do Spa. Além disso, o staff do hotel de 120 funcionários foi duplicado e a segurança deverá chega a3s mil integrantes de diversas forças da segurança, sendo 1,4 mil do Exército.

Espumantes e vinhos servidos 

Aurora Pinto Bandeira Extra Brut 24 meses
Casa Venturini Vivere Brut
Cave de Pedra Brut D.O.
Chandon Excellence Cuvee Prestige
Don Laurindo Brut Rosé
Estrelas do Brasil Prosecco
Milantino Extra Brut

Spa do Vinho na 55ª Cúpula do Mercosul

p>Fotos: Divulgação/Presidência da República

Voltar Todas de Acontece

Compartilhe esta notícia:

BRDE capta US$ 70 milhões da CAF para financiar o desenvolvimento econômico e social no Sul
55ª Cúpula do Mercosul acontece na Serra Gaúcha com presença do presidente Bolsonaro
Deixe seu comentário
Pode te interessar