Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O Supremo julga ações sobre prisão em segunda instância; acompanhe

Supremo mantém preventiva de Cunha

A Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) manteve a prisão preventiva decretada contra o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB/RJ), em 2017, pela 14ª Vara Federal do Rio Grande do Norte – o emedebista está preso desde 19 de outubro de 2016 e condenado na Operação Lava-Jato. Por maioria de votos, os ministros rejeitaram a análise do habeas corpus do emedebista.