Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Geral A produção da linha Galaxy Note está suspensa

Compartilhe esta notícia:

A evidência mais forte que leva a crer que a marca sul-coreana deve abandonar o produto é a “transferência” de recursos entre modelos. (Foto: Reprodução)

Os indícios de que a linha Galaxy Note, da Samsung, está com os dias contados aumentam cada vez mais. Dessa vez, um insider da indústria relatou que os modelos de smartphone estão com a produção suspensa no momento.

Desde o início deste ano, pessoas diferentes têm apontado para a possibilidade. Em janeiro, o conhecido insider “Ice Universe” havia postado uma mensagem no Twitter escrita “Galaxy Note” e uma imagem com os dizeres “The End”, típica de quando filmes terminam.

A evidência mais forte que leva a crer que a marca sul-coreana deve abandonar o produto é a “transferência” de recursos entre modelos. A transição mais marcante neste sentido é o suporte da S-Pen em modelos como o recém-lançado Galaxy S21 Ultra e no vindouro Galaxy Z Fold 3.

A caneta no celular dobrável deve marcar a posição da Samsung de habilitar seus lançamentos com a melhor tecnologia que eles possuem, independente se os recursos são exclusivos de outras linhas.

A insistência e todo o trabalho para adaptar a tecnologia para o modelo dobrável é um prenúncio de que realmente uma nova visão de mercado pode estar sendo adotada pela empresa.

Mesmo com os rumores crescendo em direção ao fim da linha Note, a Samsung ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Atualização do Android

A fabricante sul-coreana Samsung confirmou que vai expandir a cobertura de atualizações de segurança para dispositivos Galaxy lançados pela empresa. Modelos de 2019 adiante terão direito a, no mínimo, quatro anos de proteção contados a partir da data de lançamento do produto, garantida a partir de downloads mensais ou trimestrais de firmwares. Vale lembrar que nem mesmo a própria Google, criadora do Android, oferece suporte tão longo no mercado de aparelhos que rodam o Robô.

As atualizações de segurança envolvem melhorias e correções que vão além do que já é oferecido pela Google para o Android, incluindo pacotes específicos para vulnerabilidades de um dispositivo. Anteriormente, o prazo mínimo prometido pela marca era de três anos.

Vale lembrar que, além desse programa, a Samsung desde agosto de 2020 também já garante ao menos três anos de atualização para a versão mais recente do sistema operacional.

Os dispositivos da Samsung que terão direito à nova cobertura são modelos tanto top de linha quanto de entrada, parte das famílias Z, S, Note, A, M, XCover e Tab. A lista completa é formada por mais de 130 dispositivos e pode ser conferida no site da fabricante.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Agência americana diz que a transmissão de coronavírus por embalagens e alimentos é pouco provável
Após crítica de Bolsonaro, o Inmetro e a Secretaria Nacional do Consumidor vão intensificar a fiscalização em postos de gasolina
Deixe seu comentário
Pode te interessar