Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Grêmio Após primeira vitória como novo VP do Grêmio, Abrahão comenta: “Quem não respeitar a camisa, vai bailar”

Compartilhe esta notícia:

Denis Abrahão falou com a imprensa após a vitória sobre o Juventude por 3 a 2

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Neste domingo (17), o Grêmio voltou a vencer no Campeonato Brasileiro na primeira partida do técnico Vágner Mancini. A vitória sobre o Juventude por 3 a 2 também marcou a estreia de Denis Abrahão, novo vice-presidente de futebol tricolor. O novo dirigente falou em entrevista coletiva após a partida.

Desde sua apresentação ainda na última quinta-feira, Abrahão se mostrou ser uma dirigente efusivo, acreditando fielmente na recuperação gremista na competição nacional. Após o confronto diante dos caxienses, o discurso permaneceu: “Eu tinha convicção na vitória hoje. Nós criamos um ambiente propício pra isso. Falei pra todos que eu tinha certeza da vitória”.

“Nós fizemos um pacto. Vamos começar e terminar isso juntos. Nós vamos trabalhar de forma organizada”, foi assim que Abrahão definiu os próximos compromissos. Além disso, o VP elogiou o apoio da torcida, que esteve em 15.129 torcedores apoiando a todo momento. “A torcida do Grêmio é maravilhosa. Hoje foi um show na Arena”.

O dirigente fez questão de ressaltar a necessidade de manter o mesmo ritmo da partida, nos próximos confrontos. “Nós vamos continuar assim até o fim do campeonato. Vai ter intensidade até o final. Nós sabemos onde erramos, e agora vamos trabalhar pra isso não acontecer mais”, completou.

Pulso firme, Denis Abrahão, por sua história no Grêmio há mais de 30 anos estando participando dos bastidores, comprou a briga da torcida a indignação por estar disputando na zona do rebaixamento desde o início do campeonato. “Quem não respeitar a camisa, não se entregar de corpo e alma, vai bailar. Comigo é assim”, frizou.

Analisando este primeiro momento, que começou com vitória, o dirigente gremista tirou o peso da sua presença e mostrou confiança ao grupo de jogadores, no qual trabalhou junto nos últimos dias. “O vestiário do Grêmio já teve grandes dirigentes. Talvez eu tenha tido sorte, dei liga com o grupo de jogadores”, ressaltou.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

“Estamos com os pés no chão”, diz Mancini após estreia com vitória
Para enfrentar Atlético-GO, Mancini terá dores de cabeça para projetar time titular
Deixe seu comentário
Pode te interessar