Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fog

Esporte Após quase cinco meses de proibição, Inter e Grêmio foram autorizados pela prefeitura a realizar jogos novamente em seus estádios

Compartilhe esta notícia:

Grêmio enfrenta o Novo Hamburgo na noite deste sábado e Inter recebe o Esportivo na tarde de domingo. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após quase cinco meses de veto em Porto Alegre por causa da pandemia de coronavírus, os estádios de Inter e Grêmio podem novamente receber partidas de futebol. A liberação foi comunicada pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior em pronunciamento nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (31) e já vale neste domingo, nas semifinais do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

O primeiro confronto está marcado para as 16h, entre Inter e Esportivo de Bento Gonçalves. Já o Grêmio recebe o Novo Hamburgo às 19h. Em ambos os confrontos, não haverá torcida – autoridades, especialistas e representantes dos clubes reiteram o pedido para que os torcedores não promovam aglomerações para acompanhar os jogos.

Além disso, deverão ser observadas regras como o isolamento de área em um raio de 500 metros dos estádios três horas antes e uma hora após os jogos. Também está proibida a venda de bebidas alcoólicas e o comércio ambulante nos arredores dos estádios.

A permissão para retomada dos eventos esportivos nos dois maiores estádios da Capital após reuniões com os presidentes Romildo Bolzan (Grêmio) e Marcelo Medeiros (Inter), além do comandante da FGF (Federação Gaúcha de Futebol), Luciano Hocsman. As regras constam no decreto municipal 20.670, publicado à tarde em edição-extra do Dopa (Diário Oficial de Porto Alegre).

Na transmissão on-line em que deu a resposta mais aguardada dos últimos tempos pelos dirigentes da Dupla Grenal, Marchezan classificou a medida como uma experiência, indicando assim que poderá voltar atrás se houver descumprimento das condições previstas para a liberação ou se houver agravamento do quadro sanitário na cidade: “Vamos fazer um teste e dar um voto de confiança aos clubes”.

Ainda conforme o prefeito, “a mensagem é de força, apoio e união” e o Executivo municipal está apostando no profissionalismo dos clubes e da entidade que os representa no Estado: “Contamos com o comprometimento de Inter e Grêmio e com a paixão dos seus torcedores na conscientização da população para manter os cuidados. Esperamos que o futebol dê exemplo neste momento”.

Dirigentes

O presidente da FGF agradeceu o diálogo franco e o voto de confiança da prefeitura. “Vamos respeitar as autoridades e contamos com a compreensão dos torcedores para que se mantenham em casa e sigam os protocolos de saúde”, salientou Hocsman.

Pelo lado tricolor, Bolzan falou em “construção coletiva” e “união de esforços em um momento triste para o mundo todo, para que se tenha jogos de respeito à vida”. Já o cartola colorado Medeiros sublinhou que é necessário transmitir uma mensagem conjunta à população: “Fazemos aqui um apelo para que os torcedores obedeçam às orientações e não façam aglomerações”. Tanto Bolzan quanto Medeiros já contraíram o coronavírus e se recuperam.

(Marcello Campos)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

De olho no Real Madrid, Gabriel Jesus vive a temporada mais goleadora da sua carreira
O Grêmio se prepara para decidir vaga na final do segundo turno no Gauchão
Deixe seu comentário
Pode te interessar