Domingo, 29 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Economia Bolsonaro cobra crescimento mínimo de 2% da economia brasileira neste ano

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes

Foto: Marcos Corrêa/PR
"Se quiser botar Estados e municípios, vai acontecer o que vi ao longo de 28 anos, não se resolve", disse o presidente (E), que posou ao lado de Guedes (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, está sendo cobrado por resultados pelo presidente Jair Bolsonaro. Guedes tem sido pressionado, desde o início deste ano, a mostrar os seus feitos na área econômica.

Diante de um pessimismo com a redução da projeção do PIB (Produto Interno Bruto), o presidente reforçou a Guedes a necessidade de que, neste ano, a economia brasileira cresça, no mínimo, 2%.

Segundo assessores presidenciais, Bolsonaro fez o pedido a Guedes em uma reunião nesta semana. Como resposta, o ministro afirmou que será possível atingir, ou até superar, esse percentual.

Desde o início do ano, em conversas reservadas, Bolsonaro tem demonstrado preocupação com um crescimento fraco e com os indicadores econômicos neste ano. O presidente tem ainda repetido que é a principal missão de Guedes garantir um patamar que sinalize que será possível terminar o mandato com uma recuperação sólida da economia brasileira.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Supremo nega suspender lei de relicitação de ferrovias
Bolsonaro diz que “o bicho vai pegar” com a chegada das Forças Armadas no Ceará
Deixe seu comentário
Pode te interessar