Quinta-feira, 09 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

Brasil Bolsonaro diz que a reforma administrativa será a “mais suave possível”

"Não vou entrar em detalhes porque depois volto atrás, vão dizer que eu recuei, não é?", declarou o presidente. (Foto: Clauber Cleber Caetano/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional será a “mais suave possível”. Em uma rápida entrevista na portaria do Palácio da Alvorada na segunda-feira (18), Bolsonaro disse que não daria mais detalhes sobre a proposta.

“Pode ser que entregue amanhã [nesta terça]. Quero dar uma olhada, conversei com o [ministro] Paulo Guedes de novo, quero mandar uma proposta, a mais suave possível, essa que é a ideia. Não vou entrar em detalhes porque depois volto atrás, vão dizer que eu recuei, não é? Que ‘não sei o quê’, bagunçam comigo daí”, declarou o presidente.

O objetivo do governo é reduzir os gastos com o pessoal ativo, que têm crescido acima da inflação. No início deste mês, também em entrevista no Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que a reforma mudará as regras somente para os futuros concursados. “Daqui para frente, tá ok? Daqui para frente não teria estabilidade. Essa é a ideia que tá sendo estudada”, disse o presidente na ocasião.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ao comemorar 182 anos de fundação, a Brigada Militar empossou os seus novos comandantes, incluindo a primeira mulher na cúpula da corporação
Dirigentes de partidos de centro não têm pressa de retomar diálogo com Lula
Deixe seu comentário
Pode te interessar