Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

Beleza Conheça os hábitos noturnos que causam o envelhecimento precoce

Compartilhe esta notícia:

A pele do rosto é afetada pelo clima mais fresco e seco da nova estação. (Foto: Reprodução)

Enquanto o processo de envelhecimento é inevitável, podemos garantir que a maioria das pessoas prefere envelhecer de forma natural e no tempo justo.

Pode-se até pensar que uma noite bem dormida (o famoso sono de beleza), a aplicação de protetor solar para prevenir os danos do sol e o uso de cremes anti-idade antes de dormir são suficientes. Entretanto, é a rotina noturna que pode estar acelerando o envelhecimento da pele.

A edição norte-americana da Women’s Health conversou com a médica dermatologista Purvisha Patel e fundadora da Visha Skincare – para entender como certos hábitos noturnos podem, na verdade, estar contribuindo para prejudicar a pele. Veja o que pode estar prejudicando a sua pele.

Não beber água suficiente

Quando estamos desidratadas, a nossa pele é a primeira a sofrer, pois a sua capacidade de proteção durante o dia e de regeneração durante a noite ficam comprometidas.

Não lavar o rosto

Tirar a maquiagem antes de ir dormir é fundamental para a saúde da pele, mas tão importante quanto isso é o hábito de lavar o rosto depois de retirarmos a maquiagem. Só assim é que todas as impurezas, suor e resíduos de maquiagem serão eliminados.

Usar demasiados produtos de beleza

Embora seja fundamental respeitar ao máximo a pele que se tem, menos é mais! “Produtos que contêm retinol são usados para prevenir as rugas. Mas quando são usados com produtos que combatem a acne, pode-se estar promovendo uma irritação cutânea”.

Dormir com o rosto ‘enterrado’ no travesseiro

“A gravidade aumenta quando se dorme de barriga para baixo”, explica Patel. O efeito imediato – flacidez e olhos inchados – é causado pela força de gravidade, que faz com que o fluido desça. A longo prazo, isso pode levar a uma perda de colágeno.

Benefícios da romã

O consumo e o uso tópico da romã são fortes aliados na melhora da saúde e da aparência da pele.

Fonte de vitamina A

A romã é uma fruta muito rica em vitamina A. O nutriente age a favor da renovação celular e na produção de novas fibras de colágeno da derme, atuando contra a flacidez, linhas finas de expressão e o combate ao fotoenvelhecimento causado pela exposição ao sol”, explica a dermatologista especialista em cosmiatria, Luciana Garbelini.

Previne e trata a acne

“Quando consumida regularmente, a romã pode ajudar na correção de problemas digestivos que, muitas vezes, causam acne”, pontua a dermatologista. Além disso, a fruta é rica em ferro, que ajuda na nutrição do sangue, auxiliando a absorção do oxigênio levado para as células da pele, tornando a da derme mais suave.

Retarda o envelhecimento

“Quando falamos sobre retardar o envelhecimento da pele, as poderosas propriedades antioxidantes da fruta ganham destaque. Isso porque, além de combater os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce, ela também detém a perda de elasticidade, flacidez e melhora a aparência de rugas e manchas”, observa a especialista.

Estudos comprovam

Os compostos fenólicos presentes na romã estimulam a proliferação de queratinócitos, a produção de fibroblastos e a síntese do procolágeno tipo 1, resultando na regeneração da derme e da epiderme, contribuindo assim para a saúde da pele.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Beleza

Maquiagem vencida pode danificar a pele; veja cuidados
A queda dos fios se intensificou no outono? Descubra tudo sobre o assunto
Deixe seu comentário
Pode te interessar