Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Porto Alegre Criada força-tarefa para agilizar remoção de famílias da Vila Nazaré, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Anúncio foi feito pelo vice-prefeito Ricardo Gomes em reunião com secretários municipais e dirigentes da Fraport.

Foto: Giulian Serafim/PMPA
Anúncio foi feito pelo vice-prefeito Ricardo Gomes em reunião com secretários municipais e dirigentes da Fraport. (Foto: Giulian Serafim/PMPA)

A prefeitura informou nesta terça-feira (12) que fará um esforço concentrado, com a criação de uma força-tarefa envolvendo várias secretarias, para agilizar a remoção das 111 famílias da Vila Nazaré, na Zona Norte, para um loteamento com toda a infraestrutura necessária. Desta forma, o terreno deverá estar liberado até 28 de fevereiro para que a Fraport possa iniciar as obras de ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho, sem comprometer o cronograma.

O anúncio da força-tarefa foi feito pelo vice-prefeito Ricardo Gomes, que se reuniu com alguns secretários envolvidos no processo e a presidente da Fraport, Andreea Pal, e seus diretores. Ao final da reunião, o vice-prefeito convidou os executivos do grupo para participarem da força-tarefa.

“A prefeitura tem necessidade de atuar muito fortemente para garantir que a Fraport possa terminar a obra de ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho, que é fundamental para o desenvolvimento da cidade, e dar dignidade às famílias que lá residem, transferindo-as para um lugar melhor”, enfatizou Gomes.

Conforme destacou o vice-prefeito, a obra permitirá que aviões venham da Europa, dos Estados Unidos e da África com carga plena para pousar em Porto Alegre. Também vai possibilitar que as empresas do Rio Grande do Sul enviem suas cargas diretamente daqui para alcançar os melhores mercados, sem precisar transportar de caminhões até São Paulo e de lá por via aérea. Isso, segundo a prefeitura, vai aumentar a competitividade dos exportadores gaúchos.

Também deverão ser removidas 66 famílias da Vila Pepino, que fica ao lado, e que, pela legislação aeroportuária, não poderão permanecer no local. Pelo cronograma da empresa, a nova pista, que passará dos atuais 2.280 metros para 3.200 metros, deverá entrar em operação em 31 de dezembro de 2021.

Mutirão

O secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, André Machado, disse que, nesta quarta-feira (13) haverá um mutirão dos técnicos da Secretaria e do Demhab (Departamento Municipal de Habitação) para analisar caso a caso das famílias que tiveram problemas na documentação e daquelas que não estão querendo sair, assim como a situação de comerciantes que relutam em deixar o terreno.

“A empresa espera que entreguemos a área no início de março, e trabalharemos na conclusão do processo até o final de fevereiro, mesmo que tenhamos o feriado do Carnaval no meio”, observou.

Machado lembrou que, na segunda-feira mais 55 famílias assinaram contratos com a Caixa Econômica Federal. Elas serão removidas para o loteamento Irmãos Maristas. Novas transferências deverão ocorrer nos dias 19 de janeiro e 10 de fevereiro. “Estamos trabalhando com uma lógica de trocar número por nomes, e buscamos atender e dar dignidade às pessoas que residem nas vilas Nazaré e Pepino”, enfatizou.

A presidente da Fraport, Andrea Pal, diz que a empresa precisa ter a área livre no início de março para poder iniciar as obras com a empresa contratada. Caso contrário, terá de dispensá-la e teme não cumprir o contrato firmado com a União. “Buscamos alternativas e contamos que o governo da Capital possa agilizar o processo de retirada das famílias. Também estamos dispostos a investir na construção de um posto de saúde e de uma creche na área para onde as famílias estão sendo transferidas”, acrescentou Andrea.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Parque Marinha do Brasil, em Porto Alegre, recebe novas luminárias
A Anvisa alerta para a venda de vacinas falsas contra o coronavírus na internet
Deixe seu comentário
Pode te interessar