Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Economia Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

O Senai lançou um ranking com as capacitações gratuitas mais procuradas

Foto: José Paulo Lacerda/CNI
O Senai lançou um ranking com as capacitações gratuitas mais procuradas. (Foto: José Paulo Lacerda/CNI)

A procura por cursos de educação a distância tem aumentado durante a pandemia de coronavírus e superado as expectativas de quem atua na área no Brasil. Com vagas abertas e gratuitas em cursos on-line de qualificação profissional, o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) bateu a marca de 1 milhão de matrículas realizadas desde o início da pandemia no País, há quase cinco meses.

“Desde março, a gente se preocupou muito em oferecer cursos para ocupar a mente das pessoas e aproveitar essa oportunidade para requalificação. Ao todo, lançamos 23 cursos gratuitos. Nossa meta era de 100 mil matrículas, mas atingimos mais de 1 milhão”, afirmou Felipe Morgado, gerente-executivo de Educação Profissional do Senai Nacional.

Os cursos oferecidos têm duração média de 14 horas e são autoinstrucionais. Além de videoaulas, os estudantes contam com material didático em formato digital, realizam atividades, incluindo resolução de problemas, e precisam passar por uma avaliação para receber o certificado de conclusão. “São cursos estruturados e preparados para desenvolver competências nas pessoas”, acrescentou Morgado.

O Senai lançou um ranking com as dez capacitações gratuitas mais procuradas na instituição. No topo da lista, o curso de segurança do trabalho foi procurado por mais de 120 mil pessoas. O de finanças pessoais também fez sucesso, com pouco mais de 96 mil matrículas.

Os cursos nas áreas de tecnologia da informação, indústria 4.0 e mecânica automotiva também estão entre os destaques do Senai. Para ter acesso aos cursos e às vagas, basta acessar a plataforma Mundo Senai, preencher um cadastro simples e começar a qualificação.

O tempo de realização do curso pelo trabalhador é flexível, além de ser 100% on-line. A plataforma também oferece outros serviços, como orientação profissional e oferta de vagas de trabalho.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Bolsonaro sobre mortes por coronavírus: “Toda a assistência possível foi dada”
Ministra da Informação do Líbano renuncia ao cargo em meio à crise com explosão em Beirute
Deixe seu comentário
Pode te interessar