Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

Mundo Ministra da Informação do Líbano renuncia ao cargo em meio à crise com explosão em Beirute

Compartilhe esta notícia:

Manal Abdel Samad foi a primeira baixa no governo do país desde a tragédia

Foto: Reprodução
Manal Abdel Samad foi a primeira baixa no governo do país desde a tragédia. (Foto: Reprodução)

A ministra da Informação do Líbano, Manal Abdel Samad, anunciou sua renúncia neste domingo (09) em meio à crise causada pela explosão que devastou Beirute na terça-feira (04). Mais de 150 pessoas morreram, 6 mil ficaram feridas e outras 300 mil ficaram desabrigadas.

Ela é o primeiro membro do governo a deixar o cargo depois da pressão com as acusações de negligência e incompetência das autoridades. “Depois do enorme desastre em Beirute, apresento minha renúncia do governo”, declarou a ministra em um breve discurso na televisão. “Peço desculpas aos libaneses, não atendemos às suas expectativas”, acrescentou.

Eleições antecipadas

O primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, anunciou neste sábado (08) que irá propor eleições parlamentares no país abalado pelas explosões mortais no porto de Beirute, pelas quais a população culpa a classe política.

Em discurso televisionado, o governante avaliou que apenas “eleições antecipadas podem permitir a saída da crise estrutural”, acrescentando que está disposto a permanecer no poder “por dois meses”, enquanto as forças políticas trabalham nesse sentido e, durante esse período, liderar o processo de antecipação.

“Convido as partes a chegarem a um acordo sobre o próximo passo. Proporei na segunda-feira [a reunião do] no governo a convocação de eleições antecipadas”, disse Diab. “Estamos em estado de emergência quanto ao destino e ao futuro do país”, ressaltou. O anúncio ocorreu depois de um dia de muito protesto nas ruas da cidade.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia de coronavírus
Explosão em Beirute, no Líbano, abriu cratera de 43 metros de profundidade
Deixe seu comentário
Pode te interessar