Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Partly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Doações do Imposto de Renda 2020 a entidades podem ser feitas até o dia 31 deste mês

Compartilhe esta notícia:

As doações são a principal fonte de arrecadação de entidades gaúchas

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Sancionada em dezembro de 2020, a LDO define as metas e prioridades anuais do governo federal. (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

Pessoas físicas e jurídicas têm até o dia 31 deste mês para direcionar parte do Imposto de Renda devido a entidades que trabalham com projetos sociais de incentivo à cultura, atividade audiovisual, desporto e saúde. Os recursos das doações são a principal fonte de arrecadação dessas instituições, sendo vital para mantê-las.

No Rio Grande do Sul, há 225 municípios com Fundos da Criança e do Adolescente e 170 com Fundos do Idoso, todos aptos a receberem doações oriundas do Imposto de Renda. Cada fundo possui dezenas entidades cadastradas, com projetos de muita relevância social já aprovados.

As pessoas físicas que fazem a declaração pelo modelo completo podem doar até 8% para projetos sociais, fundos municipais ou estaduais. Para isso, o cidadão deve escolher uma entidade social ou um fundo para a sua doação de 6%: Fundos da Criança e Adolescente ou Fundo do Idoso, direcionar 1% para o Programa Nacional de Apoio a Atenção Oncológica e mais 1% Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência.

Na categoria pessoas jurídicas, só podem destinar aquelas que apuram o seu Imposto de Renda pelo lucro real. Estas podem doar os incentivos fiscais durante o ano vigente, nos períodos de apuração trimestral ou anual, calculado sobre a alíquota de 15%, até alcançar o limite global de 10% do valor.

De acordo com a presidente da ARF (Associação Rio-Grandense de Fundações), Mariza Bozzetto, destinar o Imposto de Renda é ser participativo como cidadão e solidário para a diminuição das mazelas de milhares de gaúchos. “Ainda há um grande caminho a ser percorrido em termos de cultura de doação de imposto em nosso Estado. Nós da ARF buscamos mobilizar e conscientizar a sociedade gaúcha para a importância de direcionar parte do seu tributo a essas instituições. Muitas delas sem essa contribuição certamente teriam suas portas fechadas”, explicou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Rio Grande do Sul apresenta crescimento em indicadores do Índice de Desenvolvimento Socioeconômico
Unipampa disponibiliza oito ultracongeladores para auxiliar no armazenamento da vacina contra a Covid-19
Deixe seu comentário
Pode te interessar