Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Magazine Doce holandês

Compartilhe esta notícia:

Liana Timm inspirou-se nos mestres da pintura holandesa, entre eles o ícone do pós-impressionismo, Van Gogh, que aparece em um dos trabalhos. (Foto: Liana Timm/Divulgação)
Gasparotto 

“Prefiro morrer de paixão a morrer de tédio.”
Vincent van Gogh

  • Liana Timm comenta seu fascínio pela pintura dos mestres holandeses, e desta emoção resulta a coleção criada para a mostra que inaugura dia 30 de agosto no Margs. Hieronymus Bosch é um dos ícones da sua devoção, entre os mestres citados, mas o convite criado por ela tem o rosto de Vincent van Gogh, como outros detalhes das obras que admira.
  • Lenira Fleck incumbe-se da curadoria da exposição, que inaugura na entrada da noite. Na mesma ocasião, Liana fará o lançamento do seu 13º livro de poesias, “Incessante”, assinalando a passagem de três décadas de criação poética. O ano está sendo de inteira dedicação ao trabalho, pois a artista segue fazendo as apresentações do Projeto “BLUEnoites” com a pianista e compositora Bethy Krieger, no Café Fon Fon.
Talento e bom gosto: a autora utiliza técnicas de recorte em programas de computação para produzir suas obras. (Foto: Liana Timm/Divulgação)

Talento e bom gosto: a autora utiliza técnicas de recorte em programas de computação para produzir suas obras. (Foto: Liana Timm/Divulgação)

 

A mistura de elementos forma uma bela imagem. (Foto: Liana Timm/Divulgação)

A mistura de elementos forma uma bela imagem. (Foto: Liana Timm/Divulgação)

 

Liana Timm: exposição “Doce Holandês”, a partir de 30 de agosto no MARGS. (Foto: Samy Timm/Divulgação)

Liana Timm: exposição “Doce Holandês”, a partir de 30 de agosto no MARGS. (Foto: Samy Timm/Divulgação)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Magazine

Olhar atento
Recital mostra diferentes texturas do período barroco
Deixe seu comentário
Pode te interessar