Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Porto Alegre Estação em Belém Novo, em Porto Alegre, recebe vistoria e medidas para abastecimento de água são avaliadas

Compartilhe esta notícia:

Estrutura atual atende mais de 240 mil pessoas e está no limite da capacidade.

Foto: Alex Rocha/PMPA
Estrutura atual atende mais de 240 mil pessoas e está no limite da capacidade. (Foto: Alex Rocha/PMPA)

Na manhã desta sexta-feira (15) o prefeito Sebastião Melo realizou uma visita à ETA (Estação de Tratamento de Água) Belém Novo. A atual estrutura, que abastece mais de 240 mil habitantes do Sul, Extremo-Sul e Lomba do Pinheiro, está no limite da capacidade. Além de realizar vistoria no local, ele também encaminhou medidas para o abastecimento de água.

“Água é vida e não pode faltar ao porto-alegrense. É um problema histórico e estrutural, que não tem uma solução do dia para a noite, mas vamos trabalhar em todas as frentes para melhorar o serviço ao cidadão”, afirmou.

Acompanhado do diretor-geral, Alexandre Garcia, e de técnicos do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos), Melo visitou as instalações e pediu atualizações sobre o andamento do projeto do novo Sistema Ponta do Arado e de uma nova ETA, que deverá solucionar a limitação no abastecimento daquela região.

Para a próxima semana, o prefeito determinou uma reunião com servidores do Dmae que atuam nas chefias de equipe, para avaliar o andamento de todos os projetos e medidas possíveis para melhorar o serviço, enquanto a obra definitiva não fica pronta. A conclusão está prevista para 2024. “Como um governo de diálogo, quero ouvir os técnicos e somar esforços para buscarmos soluções”, reforçou Melo.

“A região vem sofrendo com o déficit de abastecimento. Estamos finalizando o reservatório de 2.500 metros cúbicos na Cristiano Kramer, com previsão de término da obra e início da operação para março deste ano”, explica o diretor-geral do Dmae.

ETA Belém Novo

A estação opera com um sistema superpulsator, que trata um metro cúbico de água por segundo (1 mil litros por segundo). Atende 15 bairros das zonas Sul e Extremo-Sul e Lomba do Pinheiro. A região sofreu um crescimento demográfico muito grande nos últimos anos e uma expansão da construção civil. Por consequência, houve aumento da demanda de abastecimento de água, e a infraestrutura não conseguiu acompanhar essa realidade.

Estação de Tratamento Compacta

Enquanto as obras do novo sistema não ficam prontas, o Dmae instalou junto à ETA Belém Novo uma estação compacta 100% automatizada de ultrafiltração, que está ampliando a produção de água. Foram contratados 300 litros por segundo, o que vai ampliar de mil para 1.300 litros por segundo a produção e distribuição de água para os bairros do Extremo Sul e da Lomba do Pinheiro.

Até o momento, a ETA Compacta já entrega 150 litros por segundo. Em março, serão 200 litros por segundo e, até o final de junho, 300 litros por segundo, o que vai amenizar gradualmente o déficit de abastecimento até a conclusão das obras que compõem o Sistema de Abastecimento de Água Ponta do Arado.

Sistema de Abastecimento de Água Ponta do Arado – A ETA é a principal obra do novo SAA (Sistema de Abastecimento de Água), responsável por beneficiar 250 mil pessoas do Extremo-Sul e Lomba do Pinheiro. O novo SAA Ponta do Arado vai ampliar a capacidade de produção e distribuição de água potável das zonas Sul e Leste da cidade. O investimento total estimado é de R$ 250 milhões de reais para cinco obras.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Prefeitura convida população de Porto Alegre para mutirão de limpeza na orla do Guaíba neste sábado
Rio Grande do Sul registra 5.381 novos casos da Covid-19 e mais 48 óbitos
Deixe seu comentário
Pode te interessar