Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Política Ex-governador do Rio Sérgio Cabral admite pela primeira vez que ex-primeira-dama sabia de “caixa paralelo” e fez uso dele

Compartilhe esta notícia:

"Ela sabia que eu tinha um caixa paralelo, que meus gastos eram incompatíveis com meu gasto [salário] formal", disse Cabral

Foto: Reprodução
"Ela sabia que eu tinha um caixa paralelo, que meus gastos eram incompatíveis com meu gasto [salário] formal", disse Cabral (Foto: Reprodução)

Na primeira vez em que foi ouvido como delator, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral disse que a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo sabia da existência de um caixa paralelo que gerava lucros ao esquema de lavagem de dinheiro comandado por ele e que ela usufruía do dinheiro ilegal. No entanto, nega que Adriana soubesse detalhes do esquema criminoso.

“Ela sabia que eu tinha um caixa paralelo, que meus gastos eram incompatíveis com meu gasto [salário] formal. Liderando esse tipo de conduta recriminada, um companheiro ou companheira de quem esteja nessa situação vai convivendo, mas ela nunca sentou com nenhum fornecedor. Não estou falando para proteger. Estou dizendo porque é a pura verdade. Mas [Adriana Ancelmo] usufruiu largamente [o dinheiro de propina]”.

Cabral admitiu que a então primeira-dama pediu a Thiago Aragão, o advogado do escritório do qual ela é sócia, para lavar o dinheiro. Ela nega a lavagem de dinheiro. Cabral também disse que outros familiares ficaram de fora dos detalhes.

“Nunca abri para ela, filho, ex-mulher, ninguém. O cuidado que eu tinha era só o [operador de Cabral no esquema] Carlos Miranda e eu sabíamos o nome das contas [no exterior], os valores das contas”.

Cabral confirma lavagem

A denúncia acusa Cabral, a mulher Adriana Ancelmo e outros dois de lavarem R$ 3,1 milhões (de um total de R$4,2 milhões) por meio da rede de restaurantes japoneses Manekineko. O esquema teria funcionado entre 2014 e 2016. O ex-governador confirmou as denúncias.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Inscrições para estandes do Camelódromo abrem no dia 17 em Porto Alegre
Seleção Brasileira masculina de futebol domina a Argentina e se classifica para a Olimpíada
Deixe seu comentário
Pode te interessar