Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Tecnologia Google Play Music é encerrado; Veja como transferir músicas e playlists

Compartilhe esta notícia:

O aplicativo de música do Google começará a ser encerrado para todos os seus usuários. (Foto: Reprodução)

O Google Play Music está chegando ao seu fim. A partir deste mês de outubro, o aplicativo de música do Google começará a ser encerrado para todos os seus usuários. A empresa confirmou o fim do app em agosto: o serviço será migrado para o YouTube Music.

Alguns usuários já começaram a relatar que não é mais possível acessar a biblioteca de música no aplicativo. Na transição, planejada pelo Google para acontecer até o dezembro deste ano, será possível transferir todo o acervo do app para o YouTube Music ou baixar o conteúdo no celular ou computador até o final de 2020 – depois disso, todos os arquivos serão deletados.

Para as assinaturas pagas do Google Play Music, que ficou no ar por nove anos, o encerramento da mensalidade também será feito em outubro, com prazo até dezembro para gerenciar os conteúdos de música. O Google Play Music também já está exibindo um banner em seu app, avisando os usuários que o serviço não estará mais disponível.

Saiba como transferir músicas do Google Play Music para o YouTube Music:

1. Com o app instalado no celular, acesse as configurações e encontre a opção “Transferir do Google Play Music”. Quando você clicar, a transferência de dados será feita automaticamente e será possível acessar toda a sua biblioteca antiga no novo aplicativo.

2. Pelo próprio aplicativo ou site do Google Play Music, clique em “Mudar para o YouTube Music” e vincule a sua conta, ou em “Fazer o download da sua biblioteca de música” para transferir para o computador.

3. Pelo Google Takeout, selecione o app do Google Play Music, depois selecione a forma de envio e o destino dos arquivos.

Chart por país

Outra novidade que chegou à plataforma de streaming de música é a seção YouTube Charts, que mostra as músicas mais populares em 57 países. É possível saber quais músicas são as mais tocadas na Austrália, em Israel ou na Sérvia – antes, as músicas mais populares apareciam em conjunto, em um único Top 100.

O YouTube Music está incorporando aos poucos as funcionalidades do finado serviço de streaming. Alguns recursos já estão disponíveis, como a possibilidade de pedir ao Assistente do Google que toque listas de reprodução pessoais ou a visualização de letras de música na web. Já é possível também integrar o serviço à Android TV.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

O iPhone 12 custa até 14 mil reais no Brasil
O WhatsApp libera a opção de silenciar conversas e grupos para sempre; saiba como usar
Deixe seu comentário
Pode te interessar