Domingo, 29 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Capa – Coluna Direita O Grêmio venceu o Inter em casa por 3 a 0 no primeiro jogo das quartas-de-final do Gauchão

Os gols tricolores foram assinados por Everton, Jael e Arthur. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Na tarde desse domingo, o Grêmio bateu o Inter por 3 a 0 na Arena, no jogo de ida das quartas-de-final do Campeonato Gaúcho, com gols de Everton, Jael e Arthur. Com esse resultado, o Colorado precisará vencer por quatro gols de diferença o jogo de volta, no estádio Beira-Rio, para seguir na competição.

Para avançar às semifinais, o time de D’Alessandro e companhia precisará vencer o Tricolor por 4 a 0 no estádio Beira-Rio – caso marque três vezes e não não tenha a sua meta vazada, a decisão irá para os pênaltis, devido ao saldo qualificado. O duelo está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45min.

Nos demais confrontos, o Veranópolis bateu o São José por 1 a 0, o São Luiz de Ijuí empatou com o Brasil de Pelotas em 1 a 1 e o Avenida de Santa Cruz do Sul obteve o mesmo resultado contra o Caxias – desse último cruzamento sairá o adversário de Grêmio ou Inter nas semifinais do regional.

Novidades

O Colorado iniciou o duelo com novidades. Na zaga, Rodrigo Moledo substituiu Klaus, vetado pelo departamento médico. Já o volante Edenilson passou para a lateral-direita, enquanto Gabriel Dias e o atacante Marcinho ganharam chance entre os titulares. Os atletas do clube atuaram com uma faixa preta no braço, com a inscrição “Obrigado, Xuxu”, em homenagem ao torcedor-símbolo Xuxu, 57 anos, que faleceu de câncer na última quarta-feira.

Quando a bola rolou, foi o Inter que criou a primeira chance clara logo aos 2 minutos: o meia D’Alessandro cobrou falta e o volante Rodrigo Dourado subiu mais que a zaga tricolor para cabecear, mas a bola esbarrou na defesa salvadora de Marcelo Grohe.

O adversário tentou responder aos 6 minutos, com Everton arriscando de longe, por cima da meta de Marcelo Lomba. Aos 21 minutos, o Colorado quase abriu o placar em mais uma jogada pelo alto: o volante Edenilson cruzou da direita e o colega de posição Patrick cabeceou no ângulo direito, mas o arqueiro gremista fez mais uma defesa providencial.

Depois disso, a forte marcação imposta para ambos os times preponderou sobre as ofensivas. O Grêmio mantinha maior posse de bola mas esbarrava na defesa colorada, sem conseguir a infiltração. Com esse panorama, os chutes de longa distância se tornaram uma das principais alternativas, como aos 25 minutos, quando Luan disparou por cima do travessão. aos 43 minutos, o atacante Nico López driblou o zagueiro Pedro Geromel, invadiu a área e cruzou rasteiro, mas Grohe interceptou.

Quando o relógio do árbitro Anderson Daronco marcava 48 minutos do primeiro tempo, o time do técnico Renato Portaluppi abriu o placar. Após rápida troca de passes, o atacante Everton entrou na área colorada para tocar a bola para o fundo da rede dos visitantes: Grêmio 1 a 0.

Segundo tempo

A etapa complementar começou com o Grêmio ocupando o campo de ataque. Aos 11 minutos, Geromel aparou de cabeça uma cobrança de escanteio e Marcelo Lomba fez grande defesa. Cinco minutos depois, o centroavante Jael cobrou falta e ampliou a vantagem tricolor para 2 a 0.

O Inter voltou a ameaçar os anfitriões aos 23 minutos quando o atacante Nico López invadiu a área e chutou cruzado, acertando o lado de fora da rede. Aos 30 minutos, o zagueiro Victor Cuesta foi agarrado pelo colega Kannemann na área, mas o árbitro Anderson Daronco não marcou pênalti para o Inter.

Pouco depois, o volante Arthur – que havia entrado no lugar de Maicon – decretou o placar final de 3 a 0 com um chute rasteiro que Marcelo Lomba não conseguiu barrar. Já aos 37 minutos, Rodrigo Dourado concluiu à queima-roupa para o Inter mas Grohe fez mais uma importante defesa, evitando que o Colorado diminuísse a vantagem.

Escalações

O Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou em campo Marcelo Grohe, Léo Moura (Michel), Geromel, Kannemann, Cortez, Jailson, Maicon (Arthur), Ramiro, Luan, Everton (Alisson) e Jael.

Já o Inter, sob o comando de Odair Hellmann, escalou Marcelo Lomba, Edenilson, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, Gabriel Dias (Fabiano), D’Alessandro, Patrick; Marcinho (Rossi) e Nico López (Roger).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Coluna Direita

Grêmio x Inter
Há tanta confiança nas listas de Tite que há medo que algo saia errado na Copa do Mundo
Deixe seu comentário
Pode te interessar