Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

Grêmio O Grêmio vence o Novo Hamburgo por 4 a 3 e está na final do returno do Gauchão

Compartilhe esta notícia:

Diogo Souza é o artilheiro do campeonato. (Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA)

Não foi fácil, mas o Grêmio está na final do returno do Gauchão, onde enfrentará o Inter na quarta-feira (5). No primeiro tempo o tricolor conseguiu fazer dois gols, mas viu o Novo Hamburgo empatar. No segundo, novamente a equipe de Renato Portaluppi ficou à frente, mas o Noia voltou a marcar. Aos 45, Luciano deixou sua marca e fez o Grêmio conseguir carimbar o passaporte para a final.

A superioridade tricolor ficou clara antes dos dois minutos de partida. Everton cruzou na cabeça de Diego Souza e o artilheiro gremista não desperdiçou e abriu o placar na Arena. Depois do gol, o tricolor continuou buscando espaços para marcar e atacava a todo momento. O ponteiro marcava 15 minutos e o Novo Hamburgo ainda não havia levado perigo ao gol de Vanderlei.

A primeira finalização do Novo Hamburgo veio aos 20 minutos. Zé Mario cruzou e Juba, livre de marcação, cabeceou para fora. Chance perdida de um lado, mas não do outro. Aos 22 a bola sobrou para Maicon que não desperdiçou e ampliou o placar. Grêmio 2, Novo Hamburgo 0. O noia acordou e levou perigo ao gol do Grêmio aos 26. Matheus Lagoa chutou forte de dentro da área, mas Vanderlei espalmou e salvou.

Depois de insistir algumas vezes o gol saiu e foi de falta. Zé Mario saltou uma bomba e não deu chances para o goleiro tricolor. Grêmio 2, Novo Hamburgo 1. O time de Renato Portaluppi até pressionou, mas novamente a equipe adversária que marcou e empatou aos 37. Em mais um erro da defesa, a bola sobrou para Kayron que apenas empurrou para as redes.

A segunda etapa começou sem trocas por parte dos treinadores e novamente com um gol logo nos primeiros minutos, mas dessa vez anulado. Após cruzamento de Guilherme Guedes, Diego Souza cabeceia para o gol, mas o árbitro vê falta do atacante gremista em cima do zagueiro adversário. O tricolor pressionou, pressionou até que chegou ao gol e novamente com ele: Diego Souza! Guilherme Guedes cruzou rasteiro e o artilheiro tricolor desviou para o fundo das redes.

O tricolor administrava a partida e mantinha a posse de bola, mas o Novo Hamburgo buscou, novamente, o empate. Dessa vez foi de pênalti! Jean Pyerre derruba Chicão, Zé Maria cobra e deixa o placar igualado. O tempo passava e tudo indicava pênalti na Arena, mas o tricolor novamente mostrou raça e voltou a ficar à frente do placar aos 45. Luciano, que entrou no final da partida, marcou levando o Grêmio à final do returno do Campeonato.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Cinema pode reaproximar as comunidades indígenas da tradição oral
Casos de coronavírus superam os 18 milhões em todo o mundo
Deixe seu comentário
Pode te interessar