Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fog

Mundo Kim Jong-un declara “sucesso brilhante” no combate à pandemia e zero casos

Compartilhe esta notícia:

Kim Jong-un fechou as fronteiras em janeiro.

Foto: Kim Jong-un fechou as fronteiras em janeiro. (Foto: KCNA/Via FotosPublicas
Kim Jong-un fechou as fronteiras em janeiro. (Foto: KCNA/Via FotosPublicas)

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o “sucesso brilhante” de seu país ao enfrentar a pandemia de Covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Ele também relatou “zero casos” da doença, embora especialistas afirmem que isso é improvável. A afirmação ocorreu durante reunião do Politburo. O líder disse que o país “impediu a invasão do vírus maligno e manteve uma situação estável”. A Coreia do Norte fechou suas fronteiras e isolou sua população há seis meses, quando o novo coronavírus começou a se espalhar pelo mundo.

O líder norte-coreano também teria enfatizado a importância de manter “o alerta máximo sem relaxamento na frente antiepidêmica”, acrescentando que o vírus ainda estava presente nos países vizinhos.

“Ele alertou repetidamente que a flexibilização apressada das medidas antiepidêmicas resultará em uma crise inimaginável e irrecuperável”, informou a reportagem da KCNA nesta sexta-feira.

A Coreia do Norte fechou suas fronteiras e depois colocou em quarentena centenas de estrangeiros na capital, Pyongyang, ainda no fim de janeiro, e isolou dezenas de milhares de cidadãos e fechou escolas.

As escolas foram reabertas mas foram mantidas as proibições de aglomerações e é obrigatório o uso de máscaras em locais públicos, segundo teria informado um funcionário da OMS (Organização Mundial da Saúde). A entidade também teria registro de que apenas 922 pessoas teriam sido testadas no país e todas com resultados negativos.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Redução do IOF sobre crédito é prorrogada por 90 dias
Rio Grande do Sul chega a 30.371 casos de coronavírus e 690 mortes
Deixe seu comentário
Pode te interessar