Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

Brasil Lula atribui a José Dirceu a indicação de diretores para a Petrobras

Ex-ministro está preso desde agosto por envolvimento em escândalos de corrupção (Foto: EBC)

Em seu depoimento à PF (Polícia Federal), na quarta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva relatou que cabia à Casa Civil receber as indicações partidárias e escolher as pessoas que seriam nomeadas para a Petrobras. A pasta era chefiada pelo petista José Dirceu entre 2003 e 2005, época do início do primeiro mandato de Lula e do estouro do mensalão.

Condenado a oito anos de prisão por envolvimento no escândalo, Dirceu está preso desde agosto como alvo da Operação Lava-Jato, que desmontou um esquema de propinas na estatal.

Os investigadores já suspeitavam que o ex-ministro havia indicado o engenheiro Renato Duque – também preso pela Lava-Jato – para a Diretoria de Serviços da Petrobras, fato que Dirceu sempre negou. Lula, porém, declarou à PF que o nome de Duque foi levado à Casa Civil. “Não sei se foi o PT ou outro partido que o indicou para o cargo”, ressalvou. Também frisou que não conhecia Duque e não participou da escolha.

Sobre o ex-diretor da Área Internacional da empresa, Nestor Cerveró (outro preso na Lava-Jato e condenado a 17 anos por corrupção e lavagem de dinheiro), Lula disse acreditar que tenha se tratado de uma indicação política do PMDB.

Ele reafirmou que o processo não contava com sua participação, pois resultava de acordos costurados por ministros, partidos e articuladores políticos do governo, durante os oito anos em que presidiu o País. (AE)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Lançada no sábado a Operação Golfinho: mais de cinco mil PMs estarão no litoral
Nova iluminação da Redenção será entregue neste domingo
Deixe seu comentário
Pode te interessar