Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mist

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Morre em São Paulo o político gaúcho Nelson Proença

Compartilhe esta notícia:

Proença era casado e deixa três filhos.

Foto: Agência Câmara
Proença era casado e deixa três filhos. (Foto: Agência Câmara)

O ex-deputado federal e ex-secretário estadual Nelson Proença morreu na manhã deste sábado (18), aos 71 anos, após uma internação de aproximadamente três meses no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Proença era casado e deixa três filhos.

O velório está previsto para ocorrer neste domingo (19) no Cemitério Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, em São Paulo, das 13h às 17h.

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, prestou homenagens ao gaúcho: “O Cidadania lamenta e muito o falecimento de um ilustre e excelente parlamentar do antigo PPS, Nelson Proença. Além do mais, perdemos um grande ser humano que no final da vida enfrentou com enorme vontade de viver delicados momentos. Abraço especial aos familiares e amigos”.

O gaúcho de Porto Alegre era formado em administração de empresas pela PUCRS, com especialização em condução e gerência de problemas públicos no International Institute for Public Affairs, de Washington (EUA).

Vida política

Proença foi subsecretário de Assuntos Comunitários da Presidência da República no governo de José Sarney entre 1986 a 1990. Em 1988, filiou-se ao PMDB e em outubro de 1990 se elegeu deputado federal. Em setembro de 1992 votou a favor do impeachment do presidente Fernando Collor de Melo. Entre 1995 a 1999 assumiu três secretarias do governador Antônio Brito (PMDB).

Em setembro de 2001, fez parte de um setor do PMDB gaúcho que rompeu com o partido devido a disputas internas e por ser favorável a segunda candidatura presidencial. O grupo deixou o PMDB e migrou para o PPS (atual Cidadania).

Em agosto de 2003 votou a favor da Reforma da previdência do Governo Lula (PT).  O político também foi secretário de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais no início da gestão do governo Yeda Crusius (2007-2010).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

EPTC divulga esquema de trânsito e transporte para o jogo entre Inter e Botafogo neste domingo
Paul Walker, de Velozes e Furiosos, ganhará estrela na Calçada da Fama em homenagem póstuma
Deixe seu comentário
Pode te interessar