Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Leandro Mazzini Mudança de time

A mudança de ministros do Governo Bolsonaro provocou a queda de assessores próximos aos antigos titulares das pastas. (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

A mudança de ministros do Governo Bolsonaro provocou a queda de assessores próximos aos antigos titulares das pastas. O núcleo militar do presidente da República no Palácio se movimenta para não deixar olheiros de Onyx Lorenzoni, ex-chefe da Casa Civil, à sua porta – apesar da boa relação de ambos. Houve duas baixas, por ora, na Casa Civil: Rodrigo Augusto Rodrigues foi exonerado do cargo de Subchefe Adjunto Executivo de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais; e Scott Kartegeane Linhares Camelo, do cargo de Subchefe Adjunto de Gestão Pública de Articulação e Monitoramento. O novo ministro, general Braga Netto, toma posse hoje.

Mais troca

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Regional, Mauro Biancamano, também foi exonerado. A pasta, antes comandada por Gustavo Canuto, agora é chefiada por Rogério Marinho, ex-secretário da Previdência.

Oba-oba

Há quem desconfie, entre autoridades policiais, desse medo de ministros do STF sobre risco de atentado. Nunca se confirma. É aquela história: quem faz, não avisa na internet.

Primeiras-damas

Duas candidatas ao cargo de primeira-dama do Recife dividirão holofotes na folia do Recife. A deputada federal Tábata Amaral (PDT) – namorada do colega de plenário João Campos (PSB) – e a apresentadora de TV Fátima Bernardes, namorada do federal Túlio Gadelha (PDT). Eles são potenciais pré-candidatos na eleição deste ano. E o frevo toca em torno de ambos, paparicados por populares e políticos.

1º escalão

Parlamentares da oposição querem se reunir com o ministro do STF Ricardo Lewandowski, relator do pedido de impeachment do ministro da Educação, Abraham Weintraub. No pedido, protocolado há duas semanas, 28 deputados e dois senadores apontam que Weintraub está promovendo verdadeiro “desmonte” da pasta.

Queimação

Um abaixo-assinado virtual, em apoio ao pedido de impeachment, já levantou cerca de 50 mil assinaturas. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, também é alvo de pedido de impeachment sob relatoria do ministro Edson Fachin.

$ocorro federal

A União desembolsou, em janeiro, mais de R$ 368,24 milhões para arcar com calotes de Estados. Foram R$ 147,07 milhões da inadimplências de Minas Gerais, R$ 126,21 milhões do Estado do Rio de Janeiro, R$ 78,22 milhões de Goiás e R$ 16,74 milhões do Amapá. Em 2018, o Tesouro desembolsou R$ 8 bilhões para cobrir dívidas dos Estados.

Cadeado

As garantias honradas pela União são descontadas dos repasses do Governo, como receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Fundo de Participação Estadual.

MERCADO

A Dona…

Depois de a Polícia Federal desvendar uso de caixa 2, agora é a Justiça do Trabalho da Paraíba que quer a indenização dos funcionários do Resort Mussolo, quebrado em 2019 pela empresária mais rica de Angola, Isabel dos Santos, que – suspeita-se – utilizou dinheiro lavado da petrolífera Sonangol.

…do Pedaço

E quem é a dona Isabel? Vem a ser a filha do ditador angolês por 40 anos, José Eduardo dos Santos. Ela também é proprietária de outro resort, o famoso Solar de Tambaú, em atividade desde 2018.

Estantes vazias

O mercado de livros sofre um baque forte. Várias editoras reveem seus catálogos, freiam compra de direitos de publicação e seguram a avaliação de originais de obras. A falência da distribuidora La Selva, e a recuperação judicial das livrarias Cultura e Saraiva atingem em cheio o setor.

Taxiando

Um pedinte levou bronca, há dias, no Aeroporto de Brasília. Frequente passageiro o reconheceu pela terceira vez, no saguão de checkin, e lhe deu uma ‘dura’ na frente dos passageiros: se quer ir mesmo para o Piauí, que tente pela rodoviária (onde pode ganhar passagem ou carona). Há mais de 6 meses o sujeito pede dinheiro nas filas do aeroporto.

ESPLANADEIRA

Balanço do quarto trimestre mostra que usuários únicos do app MEU TIM cresceram 18% na comparação anual, o que impulsionou a queda nas interações no call center em 17% no mesmo período.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Leandro Mazzini

Olho na Funasa
Engavetadora Geral da União
Deixe seu comentário
Pode te interessar

Leandro Mazzini Máscaras no microondas

Leandro Mazzini Calote ou adiamento?

Leandro Mazzini Você se f#$&*

Leandro Mazzini Republicanos presidenciais