Domingo, 23 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Cloudy

Acontece “Não há o que coloque mais medo no Congresso do que a pressão popular”, afirma sociólogo Thiago de Aragão

Especialista falou sobre as perspectivas para o cenário político nacional em evento da Amcham Porto Alegre

As perspectivas para o cenário político brasileiro pautaram o seminário Business Affairs – Encontros de Presidentes, promovido pela Amcham Porto Alegre na noite desta terça-feira (22), na sede da Amcham (R. Dom Pedro II, 861). Thiago de Aragão, Diretor de Estratégia da Arko Advice, principal empresa brasileira de análise política, liderou o evento que reuniu diretores e presidentes de importantes empresas regionais e nacionais.

Sociólogo (PUC-RS) e especialista em análise de risco político, Thiago de Aragão, avaliou o cenário nacional como “complexo”. O pesquisador foi pessimista ao comentar as previsões para 2017, tanto no âmbito político, como no econômico, mas ressaltou a importância dos movimentos populares. “Não tem nada que coloque mais medo no Congresso do que a pressão popular. Conquistas como a Lei da Ficha Limpa são resultado da indignação do povo”, garantiu.

Thiago Aragão afirma que a crise do país deve se manter pelos próximos dois anos. O sociólogo destaca que o Presidente Michel Temer “não é global” e que não representa um líder com grandes parcerias internacionais. Sobre o cenário no sul do país, foi assertivo: “Os estados sempre estiveram quebrados. A diferença é que antes o país sempre esteve rico. Agora, o Rio Grande do Sul está colhendo o que plantou há muito tempo”, analisou.

Sobre a onda de conservadorismo que vem tomando o Brasil e que há pouco foi admitida nos Estados Unidos com a eleição do republicano Donald Trump, Aragão diz não estar surpreso. “Quando temos um excesso de abertura, o mundo tende a buscar o oposto. Quanto mais liberdade, mais o mundo busca conservadorismo”, explicou.

 

 

tags: amcham

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Polícia apreende 10 quilos de maconha em Novo Hamburgo
Operação Consumo Seguro apreende mais de 16 toneladas de produtos impróprios para consumo
Deixe seu comentário
Pode te interessar