Domingo, 05 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Light Rain

Bem-Estar O emagrecimento está ligado ao comportamento

Compartilhe esta notícia:

Evento trará tendências para interessados sobre o setor de alimentos e bebidas, ganhos e ferramentas para um melhor resultado com a utilização de delivery.(Foto: Freepik)

Muita gente considera o doce o vilão das dietas. Mas não é bem assim. Na verdade, quando um alimento é proibido, sempre ficamos com mais vontade de comer. “O emagrecimento está ligado ao nosso comportamento”, explica a nutricionista Andrea Zaccari.

O doce pode estar em qualquer dieta balanceada, mesmo que seja em um programa de emagrecimento. A nutricionista dá algumas dicas na hora de comer aquele bolinho com café: Escolha um dia da semana para comer o bolo; faça escolhas mais saudáveis (bolo com fruta, integrais, com pouco recheio); coma um pedaço e saboreie, sem culpa; se fizer bolo em casa, escolha um dia que tenham mais pessoas para compartilhar.

Veja outras dúvidas sobre o que engorda e o que emagrece:

1) Farinha de berinjela emagrece?

Não. A berinjela tem pectina, uma fibra que ajuda a diminuir o colesterol. Portanto, incluir a farinha ou a própria berinjela favorece a eliminação da gordura. Mas não podemos afirmar que ela por si só emagrece.

2) Shake engorda ou emagrece?

Depende da forma que é consumido. “O shake tem um problema sério. Substituir uma refeição pelo shake, como o jantar, pode ser legal. Agora, tomar o shake e depois jantar, não adianta. O déficit calórico é que promove o emagrecimento”.

3) Toda dieta manda tomar iogurte. Ele emagrece?

As dietas pedem para tomar iogurte porque ele é uma ótima opção de lanche, dá saciedade como se fosse uma refeição. Se dá mais saciedade, come menos e por isso pode emagrecer. “Fazer lanchinhos intermediários com iogurte é uma ideia bem legal. Você também pode misturar com fibras, farelos”. Mas atenção: tome cuidado com as bebidas lácteas que têm mais açúcar e menos proteína.

4) Dieta da proteína emagrece?

Na maioria das vezes ela emagrece porque faz com que diminua o estoque de carboidrato do organismo.

5) Queijo engorda? Que tipo de queijo engorda mais?

O que engorda é o excesso. “Pensando em emagrecimento, escolha sempre os queijos mais lights. E lembre-se: quanto mais amarelo, mais gordura e caloria”, alerta a nutricionista.

Dicas

É possível comer bem mesmo passando o dia todo fora de casa? Sim, de acordo uma pesquisa realizada pela Federação de Indústrias do Estado de São Paulo, 8 em cada 10 brasileiros buscam manter uma alimentação mais saudável, mesmo na correria do dia a dia. Escolher frutas para os lanches intermediários e adquirir uma bolsinha térmica são algumas estratégias para manter o foco.

A nutricionista Ellen d’Arc da Bio Mundo, alertou que a escolha alimentar afeta diretamente a vida do indivíduo. “O primeiro passo para manter uma vida saudável é ter uma alimentação equilibrada. Buscar comer alimentos nutritivos, aliado ao consumo de bastante água e rotina do sono em dia”, comentou Ellen.

Tanto na hora de preparar a marmita quanto na escolha do prato no restaurante, o ideal é incluir na alimentação saladas, legumes, cereais e proteínas. “Em casa, na hora de preparar os alimentos, procure usar as opções integrais, grãos, diversificar legumes, carnes magras e prepara-los com gorduras boas como óleo de coco, azeite extravirgem, elas são ótimas para prevenção de doenças”, aconselha Ellen.

A nutricionista alerta que o cuidado na hora de comer fora deve ser maior, geralmente os alimentos têm excesso de sódio, corantes e não são preparados em boa gordura. Então o melhor é escolher restaurantes self-service com boas opções de verduras e fibras e, claro, fugir do refrigerante.

É importante não negligenciar a hidratação diária. A água é muito importante na eliminação de toxinas e manter o bom funcionamento do seu corpo. “Não espere sentir sede para beber água. Ela é um sinal de alerta para a necessidade do corpo por água”, explica.

A dica que a nutricionista dá é ter sempre uma garrafa de água por perto, para que a reposição de líquido seja frequente. “O consumo correto de água, além de reduzir a retenção de líquidos, pois coloca os rins para trabalhar, também promove a saciedade”, completa Ellen.

Na correria do dia a dia o celular é um excelente aliado, mas não na hora das refeições. A nutricionista explica que o uso dos smartphones e eletrônicos podem atrapalhar na hora de manter a alimentação saudável. “Focamos tanto nossa atenção no aparelho que não notamos os sinais de saciedade que o corpo nos dá, assim comemos mais do que realmente precisamos e mastigamos menos, interferindo na digestão, além dele possuir uma grande concentração de bactérias”.

E não é só o celular, o mesmo vale para a televisão, computador e outras coisas que tiram a atenção durante a alimentação. “Precisamos aprender a fazer as refeições com a mesma dedicação que fazemos as atividades que são importantes no nosso dia. O maior benefício de comer com atenção plena é voltar a reconhecer os sinais que o nosso corpo nos envia todo tempo, mas que estamos sempre muito desatentos e apressados para reparar”, aconselha a especialista.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Trocar de plano de saúde ficará mais fácil
Projeto cria super-herói que ensina crianças a como cuidar da sua saúde bucal
Deixe seu comentário
Pode te interessar