Terça-feira, 11 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Geral O governador de Santa Catarina é o oitavo chefe de Executivo estadual do País com coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Carlos Moisés afirma que está bem e teve sintomas como tosse, dor de garganta e febre baixa. (Foto: Julio Cavalheiro/Secom)

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, comunicou na manhã desta quarta-feira (1º) que teve diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Ele apresentou sintomas e, por isso, realizou o teste. Desde então, o chefe do Executivo estadual encontra-se em quarentena, respeitando os protocolos de distanciamento social.

Ele é o oitavo governador do Brasil a contrair a doença. Antes dele, testaram positivo Wilson Witzel (RJ), Helder Barbálho (PA), Renato Casagrande (ES), Renan Filho (AL), Mauro Mendes (MT), Paulo Câmara (PE) e Antonio Denarium (RR).

O governador fez um novo exame, como contraprova, para ter segurança do diagnóstico, que também deu positivo. Em vídeo divulgado nesta quarta-feira, Carlos Moisés afirma que está bem e teve sintomas como tosse, dor de garganta e febre baixa.

Embora não esteja em campo acompanhando as equipes do Governo do Estado, por conta do diagnóstico, o governador monitora a evolução dos trabalhos para reparar os danos provocados pelo ciclone extratropical que atingiu Santa Catarina na terça-feira. O governador também lamentou os óbitos e se solidarizou com as famílias das vítimas.

Determinei a todas as estruturas de governo que atuem com intensidade e rapidez na solução dos problemas. Durante todo o dia de hoje, e enquanto durarem estas ocorrências, todos os órgãos de Governo estarão em campo, trabalhando para que possamos retornar a uma situação de normalidade”, afirmou. Carlos Moisés ainda pediu o apoio dos catarinenses para superar esse momento de dificuldade: “Quando os catarinenses se unem, não há desafio que não seja superado.”

Casos no Estado

O governo de Santa Catarina informou nesta quarta o registro de 27.279 pacientes com teste positivo para Covid-19, sendo que 21.402 se recuperaram e 5.530 estão em acompanhamento. O novo coronavírus causou 347 óbitos no Estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,27%.

Os óbitos mais recentes foram de cinco homens, sendo um de 66 anos residente em Blumenau, dois de Itajaí, com 81 e 79 anos, um de Antônio Carlos, com 76 anos, e outro de São José, com 78 anos. Entre as vítimas está uma mulher de 87 anos residente em Florianópolis. Todos possuíam comorbidades e se encontravam na faixa etária de risco.

O número de municípios com casos confirmados era de 270 nesta quarta. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 era Chapecó, que registrava 2.493 casos. Na sequência, aparecem Joinville (1.931), Itajaí (1.860), Blumenau (1.738), Balneário Camboriú (1.587), Florianópolis (1.468), Concórdia (1.238), Palhoça (699), Criciúma (651) e Navegantes (552).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina era de 67,2%. Isso significa que, dos 1.316 leitos existentes no Estado, 432 estavam livres e 884 estavam ocupados, sendo 262 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. As informações são do governo de Santa Catarina.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Revogada a medida que suspendia a parceria de Facebook e Cielo para pagamentos pelo WhatsApp
O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou um deputado pelo esquema da “rachadinha”
Deixe seu comentário
Pode te interessar